Android Geek
O maior site de Android em Português

Monitores Samsung Odyssey G7 e o G9 viraram cabeças na CES 2020

Um ano em que a empresa traçará um novo e ousado futuro, não apenas para tecnologias como IA, 5G e IoT, mas também para dispositivos do dia a dia, como ecrãs gamers. Desde a produção do seu primeiro ecrã gamer, há menos de quatro anos, a Samsung subiu rapidamente até o topo do mercado com um portfólio de ofertas combinando desempenho excepcional com recursos visuais imersivos.

2020 será um grande ano, com muitas inovações da Samsung. Um ano em que a empresa traçará um novo e ousado futuro, não apenas para tecnologias como IA, 5G e IoT, mas também para dispositivos do dia a dia, como ecrãs gamers. Desde a produção do seu primeiro ecrã gamer, há menos de quatro anos, a Samsung subiu rapidamente até o topo do mercado com um portfólio de ofertas combinando desempenho excepcional com recursos visuais imersivos.

A empresa anunciou que, a partir deste ano, a sua linha Odyssey de laptops, PCs e dispositivos VR está a expandir e inclui também ecrãs gamers. Isso estabelecerá a Odyssey como linha de produtos oficial da Samsung no que se refere a equipamentos para gamers. Os visitantes do Stand da Samsung na CES 2020 puderam ver em primeira mão, como a empresa aplicou os conceitos de design futurista pelos quais a linha é conhecida — e os gamers adoram — para criar os Odyssey G7 e G9. Tanto o G7 (27 polegadas) quanto o G9 (49 polegadas) vêm com especificações FlagShip, onde se incluem ecrãs ultra-amplos de curvatura 1000R, tempo de resposta rápido de 1 ms, taxa de atualização de 240 Hz para FPS (jogos de tiro em primeira pessoa), compatibilidade com G-Sync e muito mais.

Para saber mais sobre o processo por trás do design dos ecrãs gamers, a Samsung Newsroom entrevistou alguns dos designers que lhes deram vida.

Um novo capítulo para a linha Odyssey

Ao tratar do processo de refinar o design dos modelos Odyssey G7 e G9, cada membro da equipa, parte da Divisão do ecrã Visual da Samsung, enfatizou a importância de colocar as necessidades e os interesses dos gamers em primeiro lugar. E é isso que está no âmago da linha Odyssey: equipar os utilizadores com as ferramentas necessárias para desfrutar da melhor experiência possível na hora de jogar.

No entanto, como observou o designer de Comunicação Visual Adam Burgess, o lançamento do Odyssey G7 e G9 não apenas demonstra o compromisso da Samsung em oferecer, aos consumidores, tecnologias que “viram o jogo”, como “também cria uma oportunidade para comunicarmos detalhadamente a filosofia da linha Odyssey, com profundo respeito às nossas ofertas de produtos agora e no futuro”.

Essa filosofia é materializada num par de ecrãs criados de acordo com princípios de design que podem ser resumidos com as palavras “audacioso”, “futurista” e “confiante”. O design simples dos dispositivos define o tom dos ecrãs Odyssey, distinguindo-se pelo contraste nítido dos elementos em preto e branco e pelo uso de atraentes detalhes em azul. Salientamos que o nome “Odyssey” também será aplicado aos ecrãs gamers Samsung que já estão no mercado.

“A palavra ‘Odisseia’ traz à mente a ideia de navegação, de jornada”, disse Burgess. “a ser uma linha de produtos oficial da Samsung com equipamentos para gamers, a Odyssey oferece, aos consumidores, outro nível de experiência na hora de jogar, graças a uma combinação de tecnologias avançadas De designs feitos especificamente para os games. Juntos, esses dois atributos evocam a imagem de avançar, de ir em direção ao futuro.”

Foco no Futuro

Os projetos futuristas dos Odyssey G7 e G9 são produtos da observação cuidadosa da equipa sobre as tendências do mercado. O designer do Odyssey G9, Juwon Cho, explicou a abordagem da equipa.

“Nossa pesquisa de mercado mostrou que os ecrãs gamers da Samsung recebem consistentemente boas avaliações”, disse Cho. “No entanto, recebemos comentários de que alguns consumidores gostariam de ver elementos específicos de certos gêneros de jogo incorporados aos designs de ecrãs gamers. A fim de traçar o melhor caminho para melhorar nossas ofertas, examinamos primeiro alguns dos games e dispositivos preferidos dos gamers.” Quando a pesquisa mostrou que muitos gamers preferem conceitos futuristas, a equipa adotou esse termo como um princípio-chave do design.

Para os gamers, um dos elementos de design mais atraentes — e futuristas do Odyssey G9 — pode ser apenas o Infinity Core Lighting na parte de trás. Como Cho explicou, a chave para o design resume-se ao mesmo fator que permite que o ecrã transforme as sessões de jogo dos utilizadores: imersão.

“Na hora de projetar a iluminação, utilizamos luz e espelhos para criar a sensação de que o utilizador está a ser transportado para outra dimensão quando olha para ela”, disse Cho. “É claro que jogar num ecrã curvo de 49 polegadas com uma proporção de 32:9 evoca a mesma sensação imersiva, e isso, por si só, já seria ótimo para muitos gamers. No entanto, queríamos criar ecrãs gamers que oferecessem mais. Ou seja, queríamos que eles fossem ecrãs que os utilizadores ficariam orgulhosos de mostrar aos amigos.”

Como explicou o membro da equipa de design Ki-hong Kim, A imersão não foi o único fator que norteou o design de iluminação do Odyssey G7. “Como todos os ecrãs gamers da Samsung, o Odyssey G7 vem com o que gostamos de chamar de Arena Lighting na parte de trás”, disse Kim. “Nós demos mais destaque ao design a adicionar formas e iluminação dinâmicas ao painel frontal. Tudo faz parte da criação de um ecrã que, assim como as armaduras e armas futuristas dos games de ficção científica, projeta uma imagem forte como equipamento para gamers.”

Praticidade é a chave

Kim enfatizou que o consumidor sempre é fundamental, no que diz respeito ao design de produtos, e, como os gamers estão sempre interessados no que os profissionais estão com recurso a, “pedimos aos gamers profissionais que compartilhassem suas opiniões e preferências detalhadas para que pudéssemos incorporá-las ao produto”.

Por exemplo, muitos gamers profissionais consideram o suporte de um ecrã gamer um aspecto muito importante para o design. Isto acontece porque, muitas vezes, na hora de jogar, precisam de um grande espaço para mover o mouse, e um suporte muito grande para o ecrã pode atrapalhar. Também é importante que o suporte do ecrã não os impeça de colocar o teclado numa posição confortável. Para resolver esses inconvenientes, a equipa calibrou cuidadosamente o ângulo do suporte do Odyssey G7 para que os utilizadores pudessem deixar o teclado numa posição confortável e mover o mouse livremente. Os utilizadores também podem girar, inclinar e ajustar facilmente a altura dos Odyssey G7 e G9 de acordo Com a postura e com o nível dos olhos.

Nada convencional

Continuando sua análise do design do Odyssey G7, Kim falou das várias maneiras pelas quais a equipa melhorou o ecrã gamer para diferenciá-lo das ofertas convencionais. o ecrã de curvatura 1000R do G7 é um claro desvio dos ecrãs gamers típicos, que têm um design bem quadrado. também explicou Tal como equipa otimizou a iluminação de realce, para melhorar a experiência dos games e fazer o ecrã se destacar.

“Alguns membros da nossa equipa estavam preocupados que a iluminação integrada à parte frontal do ecrã pudesse atrapalhar a jogabilidade”, disse Kim. “Isso levou-nos a criar um projeto de iluminação que direcionasse a luz para baixo. O design recebeu críticas positivas dos utilizadores e, com esse aspecto do design definido, conseguimos continuar a desenvolver o produto.”

O design branco brilhante do Odyssey G9 é outra maneira de deixar as convenções de lado. Depois de examinar as opiniões dos clientes, a equipa optou por utilizar a cor porque o feedback indicava que o branco cria uma impressão mais forte de design futurista. Até O feedback sobre os ecrãs tem sido fantástico, pois ambos já conquistaram o Innovation Awards na CES deste ano — o Odyssey G9, na categoria Periférico de Computador, e o G7, na categoria Gaming.

Aproveitando o ecrã ao máximo

Além de falar sobre o processo de refinar o design dos modelos Odyssey G7 e G9, os designers revelaram como utilizariam os ecrãs para melhorar suas próprias experiências de jogo.

“Muitas vezes, quando jogo, faço isso num ambiente escuro, para que eu possa mergulhar no jogo e me concentrar melhor”, disse Kim. “A iluminação nas partes frontal e traseira do G7 foi projetada levando em consideração esses ambientes e ajuda a tornar a experiência de jogo muito mais imersiva.”

Cho acrescentou que o design de amplificação de imersão do Odyssey G9 tem o poder de transformar a maneira como os utilizadores jogam os seus games favoritos. “A curvatura 1000R do G9 permite preencher todo o campo de visão do utilizador”, disse Cho. “Quando o utilizador joga games que suportam a proporção do ecrã de 32:9 do ecrã, especialmente os de FPS, simulador de voo e jogos de corrida, o nível de imersão é tal que o utilizador sente como se estivesse dentro do próprio jogo.”

Estima-se que o mercado de ecrãs gamers cresça de aproximadamente 7,8 milhões de unidades, em 2019, para 12,2 milhões até 2023.1 No futuro, a Samsung continuará liderando a inovação no mercado, a oferecer, aos gamers, projetos de ecrãs que colocam suas necessidades em primeiro lugar.

“Mesmo depois que lançamos um ecrã gamer, Não paramos: ficamos sempre de olho no feedback e nos dados para começar o projeto de futuros produtos”, disse Cho.

“Nosso objetivo”, acrescentou Kim, “é antecipar tendências no mercado gamer, que está a evoluir rápido, e projetar produtos que já trazem essas tendências — em vez de produtos simplesmente diferentes dos que já existem”.

1 De acordo com dados da empresa de pesquisa de mercado IDC (2019)

Fonte

Este Website usa cookies para providenciar uma melhor experiência. Pode recusar se desejar. Aceitar Saber Mais