Meta cancelou smartwatch em que estava a trabalhar há 2 anos

Embora isto possa ser uma notícia decepcionante para os fãs do Facebook que aguardavam ansiosamente o seu próprio smartwatch, os detalhes dão-nos uma ideia do que correu mal. Há quase um ano atrás soubemos que a empresa de Zuckerberg estava a trabalhar num wearable de marca própria chamado de Meta smartwatch.

O muito esperado smartwatch do Facebook foi cancelado, de acordo com informação recente. No entanto, detalhes sobre o dispositivo foram alegadamente divulgados juntamente com imagens do relógio que nunca verá a luz do dia. Embora isto possa ser uma notícia decepcionante para os fãs do Facebook que aguardavam ansiosamente o seu próprio smartwatch, os detalhes dão-nos uma ideia do que correu mal.

Há quase um ano atrás soubemos que a empresa de Zuckerberg estava a trabalhar num wearable de marca própria chamado de Meta smartwatch. O relógio (nome de código interno Milan) esteve aparentemente em desenvolvimento durante dois anos antes de a Meta decidir mandar a toalha ao chão no início desta semana, por razões ainda desconhecidas. Hoje, temos uma visão real de um protótipo do dispositivo, mostrando o seu design e câmaras duplas na sua estrutura.

Meta cancelou smartwatch em que estava a trabalhar há 2 anos 1

O Meta Watch apresentaria um corpo amovível que seria possível remover do suporte da bracelete do relógio. Também podemos ver dois botões na caixa e um total de duas câmaras. Há uma câmara de 5MP virada para a frente, parte do ecrã tem um entalhe de gota de água, e um sensor de 12MP na parte de trás junto aos sensores de saúde. O corpo destacável e as câmaras duplas permitiriam aos utilizadores gravar fotos e vídeos quando não tivessem o telefone consigo.Meta cancelou smartwatch em que estava a trabalhar há 2 anos 2

O relógio deveria chegar com GPS e conectividade de rede móvel e Wi-Fi, permitindo a sua utilização sem necessitar de um telefone. Além disso, a Meta estava a desenvolver aplicações autónomas WhatsApp, Instagram story, e Spotify apps para o relógio.

O Meta Watch traria também aplicações de rastreio de actividade e saúde, um calendário, uma galeria de fotos, e todas as outras aplicações habituais de smartwatch. Com base no novo relatório, o relógio foi desenhado para permitir 18 horas de vida útil de bateria com uma única carga. A Meta tinha como alvo um lançamento na Primavera de 2023 e um preço de 349 dólares. Apesar de cancelar este smartwatch em particular, a Meta ainda está a desenvolver outros dispositivos para o futuro.

Fonte

Leiam as últimas notícias do mundo da tecnologia no Google News , Facebook  e Twitter e também no nosso Grupo de Telegram
Todos os dias vos trazemos dezenas de notícias sobre o mundo Android em Português. Sigam-nos no Google Notícias. Cliquem aqui e depois em Seguir. Obrigado!