Android Geek
O maior site de Android em Português

MediaTek reporta crescimento de quase 17% no segundo trimestre de 2019

A empresa informou que cresceu 16,8% no segundo trimestre de 2019 em comparação com o trimestre anterior e 1,8% quando comparada ano a ano. A margem de crescimento consolidada também cresceu 3,7% em relação ao ano anterior.

A MediaTek divulgou a sua informação financeira para o segundo trimestre deste ano, ou seja, o segundo trimestre de 2019, e apresenta um crescimento respeitável em relação ao trimestre anterior e um crescimento menor em comparação ao ano anterior. A empresa informou que cresceu 16,8% no segundo trimestre de 2019 em comparação com o trimestre anterior e 1,8% quando comparada ano a ano. A margem de crescimento consolidada também cresceu 3,7% em relação ao ano anterior. MediaTek Também informou que o lucro líquido da empresa cresceu 90,4% em relação ao último trimestre, mas na comparação anual, caiu 12,6%. O crescimento do lucro operacional reportado pela companhia é de 93,9% na base trimestral e de 50,1% quando comparado ao ano anterior. A MediaTek, com sede em Taiwan, registou uma receita consolidada de T $ 61.567 milhões e o seu lucro líquido após impostos atingiu NT $ 6.503 mil milhões. O lucro diluído por acção do EPS também atingiu T $ 4,11, acima dos T $ 2,17 do trimestre anterior. A companhia diz que o aumento em relação ao trimestre anterior deveu-se principalmente ao aumento da procura sazonal por produtos electrónicos de consumo. O aumento ano a ano foi atribuído principalmente às maiores vendas de produtos electrónicos de consumo, como IoT, ASIC e PMIC.

O desempenho da MediaTek está estável desde 2016 devido à intensa concorrência no mercado de smartphones e a sua receita tem vindo a crescer há pouco mais de três anos, mas os lucros e as margens da empresa vêm a cair. No entanto, a empresa mudou a sua estratégia e agora está a concentrar-se nos chipsets de segmento intermediário, em vez de buscar o lucrativo mercado de alta qualidade. A MediaTek está agora a optimizar o seu portefólio de produtos para reduzir custos. Esta é a razão pela qual seus processadores ainda estão em 12nm enquanto os seus concorrentes já mudaram para o nó do processo de 7nm.

A empresa lançou recentemente o seu mais recente chipset para dispositivos móveis - o MediaTek Helio G90 e o G90T, visando dispositivos focados em jogos. A série Helio G90 é construída no nó FinFET de 12nm e é composta por processadores octa-core com uma combinação de núcleos Cortex-A76 e Cortex-A55, com uma velocidade de clock de até 2,05GHz e um grande cache L3. Há também um GPU 3EEMC4 Arm Mali-G76 com clock de até 800MHz com suporte para uma resolução máxima do ecrã de 2520 x 1080. Ele vem com suporte para até 10 GB de RAM LPDDR4x e armazenamento UFS 2.1.

 

Fonte

 

Este Website usa cookies para providenciar uma melhor experiência. Pode recusar se desejar. Aceitar Saber Mais