Android Geek
O maior site de Android em Português

Kirin 985 aparece oficialmente em benchmark de IA e mostra o NPU DaVinci interno

Num novo desenvolvimento, o processador apareceu na plataforma de benchmark AI, chegando a uma pontuação de 50926 pontos e ficou posicionado em terceiro lugar. O Kirin 985 consiste em 1 x Cortex-A76 (2,58GHz) + 3 x Cortex-A76 (2,40GHz) + 4 x Cortex-A55 (1,84GHz).

A Huawei tinha acabado de revelar um novo processador - Kirin 820 5G com o novo Honor 30S e a empresa agora avançou para o lançamento de outro novo chipset - o Kirin 985 com a série Honor 30 que será lançada a 15 de abril.

Num novo desenvolvimento, o processador apareceu na plataforma de benchmark AI, chegando a uma pontuação de 50926 pontos e ficou posicionado em terceiro lugar.

Kirin 985 aparece oficialmente em benchmark de IA e mostra o NPU DaVinci interno 1

O Kirin 985 consiste em 1 x Cortex-A76 (2,58GHz) + 3 x Cortex-A76 (2,40GHz) + 4 x Cortex-A55 (1,84GHz). Semelhante ao Kirin 990, o Kirin 985 apresenta 2 núcleos de NPU interno Da Vinci. Por outro lado, o Kirin 990 5G possui três núcleos NPU, o que o coloca no topo do ranking.

No ranking dos 5 chipsets de IA mais inteligentes, a Huawei possui quatro deles, onde se incluem os Kirin 990 5G, Kirin 985, Kirin 820 e Kirin 990.

Um funcionário da Honor partilhou hoje o benchmark da IA ​​e congratulou-se com os resultados, mas não revelou detalhes adicionais.

Kirin 985 aparece oficialmente em benchmark de IA e mostra o NPU DaVinci interno 2

Segundo o especialista Onleaks, o processador Kirin 985 permitirá o uso do maior sensor de imagem da indústria. O Kirin 985 pode ser revelado a 15 de abril com a série Honor 30.
De acordo com informações anteriores, a série Honor 30 provavelmente incluirá três modelos - Honor 30, 30 Pro e 30 Pro +. O modelo FlagShip - Honor 30 Pro + contará com o Kirin 990 5G, A versão Pro equipará o Kirin 985.
Como todos os telefones serão 5G, o Honor 30 (versão padrão) irápl provavelmente apresentar o chipset Kirin 820 5G.

A série Honor 30 virá com um poderoso sensor Sony IMX 700series personalizado de 50MP. O tamanho do sensor ainda está para ser confirmado. No entanto, será interessante ver se esse sensor é maior que o "o maior sensor CMOS" em destaque na série Huawei P40.

A próxima série Huawei Nova 7, que também inclui três modelos, poderá usar o mesmo processador Kirin. No entanto, temos que esperar para ver o que esse chipset nos pode oferecer em termos de desempenho.

Este Website usa cookies para providenciar uma melhor experiência. Pode recusar se desejar. Aceitar Saber Mais