iPhone Dobrável: Realidade Próxima com Protótipos semelhantes ao Galaxy Z Flip

A Apple poderá lançar um iPhone dobrável em 2026. A empresa enfrenta desafios, incluindo criar funcionalidades que tornem o telemóvel atraente e manter um design fino ao dobrar.

De quando em vez, surgem rumores de um telemóvel ou tablet dobrável da Apple. Até agora, nada era definitivo. Entretanto, uma fonte segura acaba de revelar informação importante sobre o projecto do gigante tecnológico.

A inevitabilidade dos desafios tecnológicos

Os engenheiros da Apple estão no início de uma grande odisséia técnica. Samsung e Motorola já tentaram trilhar este caminho e ambas ainda se debatem com a tecnologia que permite ao equipamento dobrar-se.

iPhone Dobrável: Realidade Próxima com Protótipos semelhantes ao Galaxy Z Flip 1

O objectivo é criar um iPhone que se abre como um livro, mas isto lançaria dúvidas sobre a durabilidade do dispositivo. Além disso, os engenheiros da marca querem que cada lado do smartphone dobrável seja metade da espessura de um iPhone convencional – aumentando a complexidade do desafio. Isto porque a bateria e o display limitam a redução de espessura.

Reflectindo sobre o valor acrescentado do iPhone dobrável

Por outro lado, há questões relacionadas com a utilidade deste tipo de telemóvel. A equipa da Apple está perplexa a pensar em características que tornassem a versão dobrável do iPhone numa opção irresistível para os consumidores. Por exemplo, o preço do telefone hiper-moderno seria uma barreira, considerando que os telemóveis dobráveis atualmente no mercado são muito caros.

Ainda assim, sabe-se que a empresa já está em negociações com uma fabricante asiática para a produção dos componentes deste revolucionário iPhone.

Perspectivas de lançamento

Se tudo correr lindamente – e são precisos muitos “ses” – o primeiro iPhone dobrável poderá chegar ao mercado em 2026. Para já, não há planos para a produção em massa neste ou no próximo ano. Ainda antes disso, poderá ser lançado um iPad dobrável, uma vez que seria menos complexo de produzir do que um telefone flexível.

No entanto, haverá ainda problemas por resolver relacionados à tecnologia que permite o equipamento dobrar-se. Um dos maiores desafios é conseguir eliminar a ruga que aparece no meio do ecrã depois de múltiplas dobras. Além disso, a Apple quer garantir que o ecrã se desdobra completamente plano, sem qualquer elevação no meio.

Como pista para o futuro, é seguro dizer que a Apple está preparada para ousar. Estamos perante uma grande revolução da marca da maçã. Para acompanhar todas as notícias sobre tecnologia, continuem a seguir AndroidGeek. Quer estejam interessados nas últimas novidades sobre dispositivos móveis, quer nas tendências do mercado global.

Fonte

Leiam as últimas notícias do mundo da tecnologia no Google News , Facebook  e Twitter e também no nosso Grupo de Telegram
Todos os dias vos trazemos dezenas de notícias sobre o mundo Android em Português. Sigam-nos no Google Notícias. Cliquem aqui e depois em Seguir. Obrigado!