Android Geek
O maior site de Android em Português

Huawei Mate 20 com Kirin 980 no Geekbench, rebenta com a concorrência

Um dispositivo Huawei com o nome de código LYA-L29 foi visto no Geekbench com Android 9 Pie e com um processador de oito núcleos com 6 GB de RAM. Tendo em conta esta última versão do Android e a pontuação, acreditamos que este é o Huawei Mate 20 ou Mate 20 Pro, pois ambos funcionarão com o chipset Kirin 980 da Huawei.

Um dispositivo Huawei com o nome de código LYA-L29 foi visto no Geekbench com Android 9 Pie e com um processador de oito núcleos com 6 GB de RAM. Tendo em conta esta última versão do Android e a pontuação, acreditamos que este é o Huawei Mate 20 ou Mate 20 Pro, pois ambos funcionarão com o chipset Kirin 980 da Huawei.

O chipset conseguiu alcançar um resultado single-core de 3.390 pontos e uma pontuação multi-core de 10.318 pontos. O resultado multi-core consegue superar todos os seus concorrentes Android até à data, mas não conseguiu superar os resultados do iPhone XS com 11,472 pontos.

Huawei Mate 20 com Kirin 980 no Geekbench, rebenta com a concorrência 1

Nós vimos resultados semelhantes do Kirin 980 no AnTuTu, onde mais uma vez bateu os seus rivais Android confortavelmente.

Huawei Mate 20 com Kirin 980 no Geekbench, rebenta com a concorrência 2

O duelo para já mantém-se com a Apple e o seu A12 Bionic, pois a Qualcomm ainda não revelou o seu futuro chipset e nem a Samsung. Mas para já as evoluções são tremendas do Kirin 980, tal como as da Apple mas com a diferença que ambos os chipsets foram desenvolvidos para Sistemas Operativos diferentes.

Huawei Mate 20 com Kirin 980 no Geekbench, rebenta com a concorrência 3

Snapdragon 845 vs Snapdragon 835: Será que existe muita diferença entre eles? image

O Kirin 980 SoC inclui uma arquitectura com 2 clusters A76 com frequencia maxima de 2,6GHz mais 2 núcleos A76 com frequencia máxima de 1,92GHz e por fim 4 núcleos Cortex A55 com clock de 1.8 GHz que servirão para as tarefas menos exigentes e permitirão economizar energia para as tarefas mais exigentes.

Huawei apresenta o Kirin 980. Um monstro de 7nn com clock de 2.6Ghz que vem para dominar image
oznor

No início deste ano, a Huawei detentora da HiSilicon lançou o Balong 765 como o primeiro chip do mundo a oferecer suporte ao LTE Cat. 19. O Kirin 980 apresenta um incrível modem Cat. 21 com velocidades de download até 1.4Gbps e o SoC vai até 2133mhz.

 

Huawei apresenta o Kirin 980. Um monstro de 7nn com clock de 2.6Ghz que vem para dominar image
oznor

Assim como o Kirin 970 chegou com uma unidade NPU dedicada, o Kirin 980 que é o seu sucessor também traz recursos de IA, neste caso uma dupla NPU para melhorar o desempenho da IA. A Cambricon Technologies que trabalhou com a HiSilicon para construir a unidade NPU para o Kirin 970 fornece a unidade NPU de segunda geração para o Kirin 980 que deve conseguir 5 triliões de cálculos por watt. Além disso, os smartphones equipados com o novo SoC também serão equipados com a tecnologia de aceleração gráfica GPU Turbo.

Huawei apresenta o Kirin 980. Um monstro de 7nn com clock de 2.6Ghz que vem para dominar image
oznor

Apesar de ainda não termos detalhes sobre como se comportará em Benchmarks num produto final, lembramos que no início deste ano, uma informação AnTuTu do Mate 20 Pro com um Kirin 980 surgiu com uma extraordinária pontuação de benchmarking de 356.819 na plataforma de referência Antutu. Este valor terá que ser confirmado quando o Kirin 980 for apresentado num Smartphone, nomeadamente na série Huawei Mate 20.

Kirin 980 o primeiro chipset construido no processo de 7nm

Projectar e construir um chipset com estas características não se faz de um dia para o outro, a Huawei está a trabalhar neste projecto há 36 meses e segundo Benjamin Wang Deputy General Manager da marca trabalharam neste Kirin 980 mais de 1000 peritos e 5000 engenheiros até chegarmos ao dia de hoje em que o chipset entrará em produção em massa.

Kirin 980. Que vantagens traz o processo de 7nn VS os 10nn do Kirin 970?

O Kirin 980 que será o primeiro chipset a apresentar os Cortex A76 que se traduzirão no papel em 75% mais performance e menos 40% de consumo energético.

Para além dos ganhos expressivos, o Kirin 980 é também o primeiro chipset com LPDDR44X com uma largura de banda de mais 20% e menos 22% de latência quando comparado com chipsets de arquitecturas anteriores.

AI Loading PredictionTechnology

Esta é a forma de gestão de recursos baseada em IA que vai permitir que o Kirin 980 use apenas os recursos suficientes para executar as tarefas na perfeição, sem dispender assim energia denecessária.

Huawei apresenta o Kirin 980. Um monstro de 7nn com clock de 2.6Ghz que vem para dominar image

Estamos a falar, segundo os dados apresentados pela Huawei de uma performance em Gaming de 22% superior e com menos 32% de consumo energético, mas uma vez em comparação com iteracções anteriores.

Huawei apresenta o Kirin 980. Um monstro de 7nn com clock de 2.6Ghz que vem para dominar image
oznor

O Kirin 980 vai conseguir reconhecer 4500 imagens por minuto graças à sua Dual NPU.

Huawei apresenta o Kirin 980. Um monstro de 7nn com clock de 2.6Ghz que vem para dominar image
oznor

Estamos extremamente entusiasmados com as potencialidades que este Kirin 980 poderá vir a aplicar na prática. Isto aliado a todos os outros argumentos que o Mate 20 vai apresentar, podemos estar prestes a assistir a um ponto de viragem naquilo que é esperado de um smartphone.

 

Fonte

Via

Partilhar é importante, mostra este artigo aos teus amigos!

Obrigado, ficamos a dever-te uma 😉

Este Website usa cookies para providenciar uma melhor experiência. Pode recusar se desejar. Aceitar Saber Mais

Partilhar é importante, mostra este artigo aos teus amigos!

Obrigado, ficamos a dever-te uma ;)
close-link