Android Geek
O maior site de Android em Português

Huawei e Honor crescem juntas 28% no mercado da China

É Novembro e é hora de relatórios financeiros para o terceiro trimestre de 2018. Já a Xiaomi, Samsung, Oppo, Vivo e Huawei publicaram os seus relatórios.

É Novembro e é hora de relatórios financeiros para o terceiro trimestre de 2018. Já a Xiaomi, Samsung, Oppo, Vivo e Huawei publicaram os seus relatórios. Hoje, é altura de analisar todos os resultados e informar as vendas gerais de todos os OEMs através do novo relatório de pesquisa da Counterpoint. De acordo com os dados publicados pela empresa de análise, a Vivo vendeu a maior quantidade de smartphones na China no terceiro trimestre de 2018. Parece bom para a Vivo, já que conseguiu arrecadar a maior parte das vendas no último trimestre.

q3 2018 vendas de smartphones na china

A Vivo registou um crescimento ano-a-ano de 2% e vendeu 21,6 milhões de unidades com uma participação de mercado de 19,9%. Além disso, a Oppo alcançou o 2º lugar com um enorme mergulho no crescimento homólogo de -11%. Apesar de toda a queda repentina, ainda conseguiu vender 21,4 milhões de smartphones com uma participação de mercado de 19,7%. Existem muitos outros OEMs que registaram um bom número de vendas no último trimestre.

Especialmente, a Huawei e sua subsidiária, Honor, conseguiram registar um enorme crescimento de 14% nas vendas de smartphones. A Honor aumentou as vendas para 13,3 milhões de unidades, enquanto que a Huawei ficou na 3ª posição, com vendas de 15,7%. Ambos os fabricantes, Honor e Huawei, detêm 12,2% e 14,5% de participação de mercado, respectivamente.

Por outro lado, a Xiaomi caiu 15% na comparação anual e produziu 13,1 milhões de vendas com mais de 12% de participação de mercado. Da mesma forma, a Apple testemunhou um declínio acentuado de 17% do mercado de smartphones em comparação ao ano passado. O gigante de Cupertino conseguiu aumentar as vendas de 8,4 milhões de unidades com uma participação de mercado de até 7,7%.

A partir do cenário acima, é directamente visível que a maioria das marcas testemunhou uma queda colossal devido ao declínio nas remessas globais de smartphones. Porém, grandes esforços da Huawei e da Honor permitiram que elas tivessem registado um tremendo impacto nas vendas em relação ao ano passado.

A Vivo acumulou a maior parte das vendas, alcançando o topo com a sua grande variedade de dispositivos e preços acessíveis. Já as suas vendas também aumentaram devido à estreia de equipamentos com painéis de impressões digitais no display. Agora, será interessante ver como serão os resultados do quarto trimestre em janeiro da Vivo.

Fonte cnbeta

Este Website usa cookies para providenciar uma melhor experiência. Pode recusar se desejar. Aceitar Saber Mais