Android Geek
O maior site de Android em Português

Huawei ameaça Samsung

Huawei ameaça Samsung

 

Desde há cerca de três anos que a liderança mundial na venda de Smartphones pertence à Samsung, mas tal como em tudo o restante, não há lugares cativos nas escolhas dos consumidores. A Huawei entrou em jogo muito forte, e ameaça agora a liderança da gigante Sul Coreana, ao evidenciar um crescimento no mínimo impressionante nos últimos tempos.

A Huawei é uma fornecedora de equipamentos de telecomunicações para operadoras globais, e já ultrapassou a Samsung na China, o maior mercado mundial, onde se espera quer as vendas de smartphones atinjam 425 milhões de unidades este ano.

 

A Huawei já é a terceira maior fabricante de smartphones a nível mundial, segundo dados doIDC relativos ao segundo trimestre de 2015. Esta conquista deve-se a uma estratégia muito bem delineada na qual a gigante chinesa tem apublicado na participação nos mercados do Oriente Médio e África, onde o avanço nas vendas de smartphones supera o de qualquer outra região.

Baseados no impressionante crescimento de 87% na receita com smartphones nos primeiros seis meses de 2015,  a Huawei prevê que o lucro nesta área duplique face ao ano anterior.

A este ritmo a Huawei vai rapidamente ultrapassar a Samsung e Apple.

“O melhor produto e a melhor inovação estão a ser apresentados pela Huawei. Não pela Apple, nem pela Samsung”,

 

Mr. Yu Chengdong (Richard Yu)
Director, CEO of the Consumer BG

,A Huawei já apagou a imagem que tinha de uma marca que produzia equipamentos baratos e de baixa gama, para se tornar agora uma referência no mercado de equipamentos premium.

Na semana passada, na feira de produtos de consumo IFA, em Berlim, a Huawei apresentou seu novo modelo Mate S, que custará pelo menos 699 euros na Europa , sendo o primeiro equipamento com a tecnologia Force Touch, a mesma tecnologia que se especula estará presente no equipamento a lançar pela Apple amanhã. Mais uma vez a Huawei um passo à frente.

A Huawei também está a impressionar no mercado Europeu, onde patrocina equipas profissionais de futebol, como o Atlético Madrid e  AC Milan. No segundo trimestre, a participação de mercado em Espanha subiu de 6% para 10% e em Itália, de 7% para 9%, segundo o IDC.

Ajuda-nos a chegar mais longe, partilha com os teus amigos

Obrigado pela visita!

Este Website usa cookies para providenciar uma melhor experiência. Pode recusar se desejar. Aceitar Saber Mais

Ajuda-nos a chegar mais longe, partilha com os teus amigos

Obrigado pela visita!
close-link