Honor e Qualcomm estão a trabalhar em conjunto

Já se passaram alguns meses desde que a Honor se tornou uma marca independente e já não faz parte da Huawei. Desde a separação do gigante chinês de tecnologia, a Honor tem trabalhado para organizar a sua cadeia de fornecedores.

Já se passaram alguns meses desde que a Honor se tornou uma marca independente e já não faz parte da Huawei. Desde a separação do gigante chinês de tecnologia, a Honor tem trabalhado para organizar a sua cadeia de fornecedores.

Há algumas semanas, foi confirmado que a Honor estava em conversas com a Qualcomm para fornecimento de chipsets. Agora, de acordo com a última informação vinda da China, parece que as duas empresas chegaram a um acordo onde a Qualcomm fornecerá Chipsets para os próximos smartphones da Honor.

Logotipo de honra

A Honor já faz parte do grupo  Huawei e, portanto, as restrições impostas ao gigante chinês não se aplicam à Honor, isto abre caminho para a Qualcomm, bem como para outros fornecedores, como MediaTek, fornecerem componentes à independente Honor.

Já sabemos que a Honor está a planear produzir mais de 100 milhões de smartphones e já comunicou essa meta aos seus fornecedores. O sucesso deste processo será determinado pela capacidade da empresa em formar parcerias com fornecedores e configurar de forma eficiente a cadeia de abastecimento e produção.

Relacionado:  Huawei Nova 9 será lançado a 23 de Setembro com áudio sem precedentes

A Honor também trabalha para ampliar a sua presença no mercado com a instalação de novas lojas na China. Parece estar tudo pronto para lançar o Honor Mall, a loja online oficial da empresa, na próxima semana. A Honor terá novidades em breve como a Honor V40 series, bem como Smart TVs SmartScreen da Honor.

Leiam as últimas notícias do mundo da tecnologia no Google News , Facebook  e Twitter e também no nosso Grupo de Telegram
Todos os dias vos trazemos dezenas de notícias sobre o mundo Android em Português. Sigam-nos no Google Notícias. Cliquem aqui e depois em Seguir. Obrigado!