Android Geek
O maior site de Android em Português

Honor 30 confirmado com Kirin 990 e suporte 5G

O presidente da Honor confirmou oficialmente o nome V30 no mês passado e hoje a empresa anunciou que o aparelho será o primeiro a exibir o SoC com conectividade 5G.

A Huawei anunciou oficialmente o seu novo SoC Kirin 990 na sexta-feira e a empresa já confirmou que a série Mate 30 será a primeira a usar este monstro de chipset. Hoje, a submarca Honor também revelou o seu primeiro produto para apresentar o seu Kirin 990.

Honor confirma: o V30 ostentará Kirin 990 com suporte 5G

O presidente da Honor confirmou oficialmente o nome V30 no mês passado e hoje a empresa anunciou que o aparelho será o primeiro a exibir o SoC com conectividade 5G.

O nome V30 é geralmente usado no mercado chinês; portanto, se o telefone chegar fora do país, será provavelmente chamado de Honor View 30.

Na prática, o chip vai permitir estender as capacidades da inteligência artificial da interface, baseado na arquitetura Da Vinci da fabricante.

Kirin 990 o coração dos futuros equipamentos Huawei

O que o coração é para um ser humano, um chipset é para um smartphone! O chipset ou popularmente conhecido como SoC é crucial para um smartphone. É basicamente o que controla o dispositivo e o ajuda a funcionar correctamente. Actualmente, existem três grandes fabricantes no mercado SoC de smartphones; Qualcomm, HiSilicon e Exynos. O Kirin 970 foi um dos principais game changers para a Huawei. De facto, devido à popularidade do Kirin 970, a empresa investiu fortemente no Kirin 980 com algumas melhorias.

E agora chega a vez do Kirin 990 revelar todo os eu poder e funcionalidades.Além do facto de vir equipado com o modem Balong 5000 5G para suportar 5G, o chipset é sem sombra de dúvida mais poderoso que o Kirin 980. No entanto, o que realmente importa é a margem pela qual o desempenho aumenta com o novo chipset. A partir de agora, espera-se que o Kirin 990 seja 10% melhor que o Kirin 980, bem como 10% a mais de eficiência energética. O que quer dizer que permite que a CPU seja maior com temperaturas de operação mais baixas. O resultado prático é um consumo de energia reduzido e uma melhor duração da bateria.

O Kirin 990 adota uma nova tecnologia composta pelo processador Cortex-A77 e GPU Mali-G77 da ARM, recorrendo a um processo de “bolacha” de 7 nm+EUV. A empresa garante que a maior densidade do transístor, em 20%, confere um ganho na eficiência de processamento. Pela primeira vez na família Kirin, o processador suporta gravação de vídeo 4K a 60 FPS.

O mais poderoso CPU de sempre

2 Big Core

Cortex A76 @2.86GHz

2 Middle Core

Cortez A76 @2.36GHz

4 Little Core

Cortex A55 @1.95GHz

Através da (em chinês)

 

Este Website usa cookies para providenciar uma melhor experiência. Pode recusar se desejar. Aceitar Saber Mais