Google Tensor G3 será feito pela Samsung a 4nm

As séries Pixel 6 e 7 foram alimentadas pelos chips Tensor 4nm e Tensor G2 da primeira geração da Samsung, respectivamente, tornando-os uns dos dispositivos móveis mais potentes do mercado. Agora, de acordo com novas informções que surgem online, a Google está preparada para lançar a sua terceira geração de SoC Tensor quando a Samsung começar a fabricar o seu nó de processo de 4nm durante a primeira metade de 2023.

A chegada dos SoCs Tensor do Google foi um marco no mundo do Android e da tecnologia. Não só representa um compromisso da Google em investir fortemente na vanguarda do hardware de dispositivos móveis, mas também marca um enorme avanço para os processadores móveis. As séries Pixel 6 e 7 foram alimentadas pelos chips Tensor 4nm e Tensor G2 da primeira geração da Samsung, respectivamente, tornando-os uns dos dispositivos móveis mais potentes do mercado. Agora, de acordo com novas informções que surgem online, a Google está preparada para lançar a sua terceira geração de SoC Tensor quando a Samsung começar a fabricar o seu nó de processo de 4nm durante a primeira metade de 2023. Isto significa que com o lançamento da série Pixel 8 no quarto trimestre de 2023, os utilizadores poderão experimentar níveis sem precedentes de desempenho e eficiência energética nos seus dispositivos móveis.

 

Google Tensor G3 será feito pela Samsung a 4nm 1

A chegada dos primeiros SoCs Tensor da Google foi recebida com uma mistura interessante de recepções variadas de entusiastas do Android, analistas da indústria, e utilizadores finais. Não era segredo que a Google tinha colaborado com a Samsung para o desenvolvimento dos seus chips Tensor e Tensor G2 para as séries Pixel 6 e 7 respectivamente, e parece que as coisas se manterão as mesmas este ano.

Espera-se que a Samsung comece a fabricar o seu nó de processo de 4nm de terceira geração durante a primeira metade de 2023. Embora estejam actualmente disponíveis nós de 3nm, espera-se que a Samsung continue a desenvolver 4nm, depois de ter encontrado problemas com a sua produção de chips de 4nm no ano passado.

Google Tensor G3 será feito pela Samsung a 4nm 2

Dado que se prevê que a Google lance a série Pixel 8 no quarto trimestre de 2023, é provável que o chipset Tensor G3 seja produzido utilizando o nó de processo de 4nm de terceira geração da Samsung. Pelo contrário, outros dispositivos Pixel 2023 como o Pixel 7a, Pixel Fold, e Pixel Tablet funcionarão com o Tensor G2 do ano passado, que foi produzido com o nó de segunda geração de 4nm da Samsung. Além disso, a Samsung planeia fabricar chips de 4nm no Texas, a partir do próximo ano.

Vai gostar de saber:  Sabes tudo sobre IA? 10 Termos que deves conhecer

Google Tensor G3 será feito pela Samsung a 4nm 3

Começando com a série Pixel 6, o Google passou a equipar todos os seus telefones com chips Tensor, em comparação com os dispositivos Pixel mais antigos que funcionavam no Qualcomm Snapdragon SoCs. Esta mudança foi questionada por alguns, no entanto, dado o desempenho relativamente “apagado” dos chips desenvolvidos pela Samsung, como a sua gama Exynos, especialmente quando comparados com os chipsets rivais da Qualcomm.

Conclusão

Em conclusão, a chegada dos chips Tensor da Google foi recebida com recepção mista, mas parece que a Google vai continuar a sua colaboração com a Samsung para o desenvolvimento dos futuros SoCs. Com a previsão da Samsung de passar para a produção de chips de 4nm em 2023, poderíamos muito provavelmente ver a nova série Pixel 8 a funcionar com estes poderosos processadores. O AndroidGeek está sempre a manter-se actualizado com todas as últimas notícias, críticas e fugas de informação sobre tecnologia, por isso não deixe de nos consultar para todas as suas necessidades tecnológicas!

Fonte: Phonearena

Leiam as últimas notícias do mundo da tecnologia no Google News , Facebook  e Twitter e também no nosso Grupo de Telegram
Todos os dias vos trazemos dezenas de notícias sobre o mundo Android em Português. Sigam-nos no Google Notícias. Cliquem aqui e depois em Seguir. Obrigado!