Android Geek
O maior site de Android em Português

O Google encontrou uma maneira de trazer respostas inteligentes para todas as mensagens

As respostas inteligentes já estão disponíveis em alguns aplicativos feitos pelo Google , como Inbox e o Allo. Se você nunca os usaram antes, são respostas alimentadas por AI para mensagens que  recebemos dos outros. Por exemplo, se alguém pergunta "Onde estás?", No Allo, o software reconhece isso, e oferece opções para resposta. Com o exemplo dado, Allo poderia recomendar que respondam com a localização atual, permitindo que o vosso amigo tenha uma melhor ideia de onde estão na realidade.

Agora que já sabemos o que são respostas inteligentes, também devem saber que uma pequena equipe de P & D (Pesquisa e Desenvolvimento) no Google está a trabalhar para trazer esse recurso para todos os clientes de mensagens.

Chamado de Reply (original hâ?) , a equipa quer incluir respostas inteligentes em basicamente qualquer aplicativo de mensagens, como o WhatsApp, o Facebook Messenger, o Skype, o Twitter DMs e o Slack.

Como funcionam as respostas inteligentes do Google Reply 

No final de contas, Reply é um complemento para qualquer aplicativo de mensagens, não uma opção de mensagens autónoma. Quando uma notificação vem de um aplicativo de mensagens suportado, a resposta vai aparecer de forma contextualizada. Existem aparentemente outros recursos, porém, tudo bastante experimental neste momento, sem informações mais detalhadas.

De acordo com o TechCrunch , há um modo Não perturbe que podem ligar quando estiverem a conduzir, bem como respostas automáticas para quando estiverem de férias, o aplicativo consulta o calendário e responderá em conformidade.

Se quiserem testar o  Reply  antes de qualquer outra pessoa, eles estão a aceitar inscrições.

Nota: Para que isto funcione é necessário que autorizem a aplicação do Google a ler todas as vossas mensagens de todas as plataformas... Já estão a perceber a ideia não é? É só mais um bocadinho da vossa vida nos servidores do Google, nada de mais.

// TechCrunch

 

Este Website usa cookies para providenciar uma melhor experiência. Pode recusar se desejar. Aceitar Saber Mais