Garmin regista receitas elevadas no segundo trimestre de 2020, apesar da COVID-19

Embora este número represente uma diminuição de 9% em comparação com o mesmo período do ano passado, os resultados mostram a resiliência da empresa, a força do seu modelo de negócio e a usabilidade dos seus produtos, apesar da COVID-19. Nesta ocasião, o aumento das áreas de fitness e náutico compensou a evolução das categorias de outdoor, aviação e automóvel.

  A Garmin anunciou os resultados financeiros para o segundo trimestre de 2020, com um volume de negócios global de 870 milhões de dólares. Embora este número represente uma diminuição de 9% em comparação com o mesmo período do ano passado, os resultados mostram a resiliência da empresa, a força do seu modelo de negócio e a usabilidade dos seus produtos, apesar da COVID-19. Nesta ocasião, o aumento das áreas de fitness e náutico compensou a evolução das categorias de outdoor, aviação e automóvel.

Conforme declarações de Salvador Alcover, CEO da Garmin Iberia, "Foi um período único e desafiante que nos deixa resultados financeiros sólidos com os quais estamos particularmente satisfeitos. Estes dados reafirmam o modelo de negócio da empresa e o trabalho da Garmin para continuar a oferecer uma grande variedade de produtos que são adaptáveis e úteis em diferentes situações.”

Dados por sector
A divisão Fitness cresceu 17% durante o segundo trimestre do ano, como resultado do avanço e consolidação dos wearables, especialmente Venu™ e vívoactive® 4, das contribuições dos rolos Tacx para ciclismo indoor e de acessórios como os sensores de cadência e velocidade para bicicletas. As margens bruta e operacional foram de 53% e 24% respetivamente. Nesta categoria houve lançamentos destacados, tais como os novos computadores de bicicleta Edge 130 plus e 1030 plus que, para além das funções de navegação, integram funções de monitorização de desempenho, segurança e fitness. Os dados reafirmam que os equipamentos de fitness são adequados a uma sociedade interessada em viver um estilo de vida saudável e ativo, em qualquer contexto.

Na categoria Náutica, o aumento foi de 4%, com margens bruta e operacional de 59% e 28%, respetivamente. Este aumento é devido à liderança dos plotters e da tecnologia Panoptix. O lançamento mais notável neste sector foi o quatix® 6 e o seu modelo quatix® 6x Solar, o primeiro relógio náutico da empresa a incluir a tecnologia de carregamento solar.

Na área de Outdoor, as receitas diminuíram 2% no segundo trimestre de 2020. No entanto, a forte procura por relógios de aventura, tais como a gama fēnix® 6, compensou o declínio dos dispositivos GPS portáteis. Neste sector, as margens bruta e operacional foram de 65% e 33%, respetivamente. O segmento também expandiu as suas gamas de produtos Instinct®, fēnix® 6 e 6S e tactix® Delta com a inclusão da tecnologia de carregamento solar. Este é um passo firme no percurso da empresa, que está empenhada nesta tecnologia como uma vantagem competitiva, acrescentando valor aos seus equipamentos e ajudando os utilizadores a "desfrutar da sua paixão, durante mais tempo", graças ao aumento significativo da vida útil da bateria oferecida pela tecnologia de carregamento solar.

Relacionado:  Chipset ISP Vivo V1 será lançado com a série X70

Garmin regista receitas elevadas no segundo trimestre de 2020, apesar da COVID-19 1

Por outro lado, o segmento da aviação diminuiu as suas receitas em 31% devido ao impacto negativo que a crise da COVID-19 teve nos produtos OEM e pós-venda. Neste caso, as margens bruta e operacional foram de 73% e 12%, respetivamente. Neste sector, a Garmin continua a investir em novos produtos que ajudam e incentivam uma aviação mais acessível e segura.

Finalmente, o segmento Automóvel caiu 46%, uma situação em grande parte devido ao impacto negativo da crise da COVID-19 na atividade de condução e produção automóvel. A margem bruta foi de 47%. O segundo trimestre assistiu ao lançamento do navegador GPS dēzl™ LGV 700/800/1000 para camiões e do navegador Camper 890 para caravanas e autocaravanas, dois produtos que têm ecrãs táteis de alta definição para uma operação fácil.

Principais realizações
Para além dos números relacionados com as suas receitas, a empresa atingiu marcos importantes durante este período. A Garmin continua a ser uma das marcas com maior projeção e reconhecimento enquanto fornecedor e fabricante no sector da aviação e marinha. Em particular, a categoria náutica conseguiu expandir a sua relação exclusiva com a Regulator Marine, selecionando os stereos da série Fusion Apollo como equipamento standard nas suas embarcações de pesca desportiva em alto mar.

A categoria Fitness também não está muito atrás, a empresa adquiriu recentemente a Firstbeat Analytics, um fornecedor líder de tecnologia de análise fisiológica para a saúde, fitness e desempenho desportivo.

Visão para o futuro
Na Garmin, cada desafio futuro mantém vivo o propósito de ajudar as pessoas a tirar o máximo partido do tempo que dedicam às suas paixões. É por isso que, com a visão clara de que cada dia é uma nova oportunidade de superar ontem, a firma continua focada na inovação constante para oferecer produtos que continuam a revolucionar os estilos de vida na aviação, automóvel, fitness, náutico e outdoor.

Garmin regista receitas elevadas no segundo trimestre de 2020, apesar da COVID-19 2
Leiam as últimas notícias do mundo da tecnologia no Google News , Facebook  e Twitter e também no nosso Grupo de Telegram
Todos os dias vos trazemos dezenas de notícias sobre o mundo Android em Português. Sigam-nos no Google Notícias. Cliquem aqui e depois em Seguir. Obrigado!