Facebook pode mesmo ser obrigado a vender Instagram e Whatsapp

 Meta pediu o arquivamento do processo em dezembro conforme relatou a Reuters, mas o juiz juiz James Boasberg rejeitou o recurso na terça-feira. A FTC entrou com uma ação semelhante, que foi rejeitada por Boasberg em junho.

Um juiz federal rejeitou uma tentativa do Facebook de bloquear um processo antitruste da Federal Trade Commission contra a empresa.

O juiz James Boasberg decidiu na terça-feira que a FTC pode prosseguir com uma tentativa de obrigar o Facebook, agora Meta, vender as suas subsidiárias WhatsApp e Instagram. Meta pediu o arquivamento do processo em dezembro conforme relatou a Reuters, mas o juiz juiz James Boasberg rejeitou o recurso na terça-feira.

A FTC entrou com uma ação semelhante, que foi rejeitada por Boasberg em junho. Boasberg aponta que a FTC não forneceu provas suficientes de que o Facebook era um monopólio.

Facebook pode mesmo ser obrigado a vender Instagram e Whatsapp 1

A FTC reapresentou o caso em agosto, e Boasberg disse na terça-feira que o caso está muito melhor sustentado. O jornal New York Times cita Boasberg que aponta que os factos fornecidos pela FTC desta vez são “muito mais robustos e detalhados do que antes, particularmente no que diz respeito aos contornos do suposto monopólio do réu”.

Num comunicado de imprensa, a FTC argumentou que o Facebook entrou numa “compra anticompetitiva” e adquiriu ilegalmente o Instagram e o WhatsApp para “manter o monopólio”.

Vai gostar de saber:  Elon Musk diz que o metaverso é uma m€#& e que o Neuralink será melhor

A Meta aponta que a decisão do juiz rejeita apenas uma alegação específica sobre o Facebook e que:

“A decisão de hoje restringe o escopo do caso da FTC ao rejeitar informação sobre as nossas políticas de plataforma”, disse um porta-voz da Meta ao Insider.

“Estamos confiantes de que as evidências revelarão a fraqueza das alegações. Os nossos investimentos no Instagram e WhatsApp transformaram as plataformas no que são hoje. Têm sido bons para a concorrência e bons para as pessoas e empresas que optam por usar nossos produtos, “, acrescentou o porta-voz.

  • A Federal Trade Commission abriu um processo antitruste contra o Facebook em agosto.
  • A empresa-mãe do Facebook, Meta, pediu o arquivamento do caso.
  • Um juiz federal rejeitou o pedido da Meta, o que significa que o processo pode prosseguir.

Fonte

Leiam as últimas notícias do mundo da tecnologia no Google News , Facebook  e Twitter e também no nosso Grupo de Telegram
Todos os dias vos trazemos dezenas de notícias sobre o mundo Android em Português. Sigam-nos no Google Notícias. Cliquem aqui e depois em Seguir. Obrigado!
Deixe um comentário