Exynos 2200 vai suportar Ray Tracing: Samsung mostra a diferença

No protótipo actual, os principais parâmetros do Samsung Exynos 2200 temos um design 1 + 3 + 4, com um megacúcleo do Cortex X2 a 2,9 GHz, um grande núcleo a 2,8 GHz, um pequeno núcleo a 2,2 GHz e uma GPU da AMD GPU a 1250 MHz.

Para o mundo Android no próximo ano, há pelo menos dois Flagships SoC a caminho , um é o Qualcomm Snapdragon 898, o outro é o Samsung Exynos 2200. No protótipo actual, os principais parâmetros do Samsung Exynos 2200 temos um design 1 + 3 + 4, com um megacúcleo do Cortex X2 a 2,9 GHz, um grande núcleo a 2,8 GHz, um pequeno núcleo a 2,2 GHz e uma GPU da AMD GPU a 1250 MHz. É importante notar que foram encontrados indícios de que as pontuações de desempenho da GPU do processador Exynos 2200 batem o Processador A14 da Apple. Isso significa que o mundo Android estará em vantagem no desempenho de GPU em comparação com a série A de processadores da Apple, o que é uma novidade.

Exynos 2200 vai suportar Ray Tracing: Samsung mostra a diferença 1

Outro destaque é o alegado Ray Tracing do Samsung Exynos 2200, recentemente confirmado pela publicação da Samsung China na rede social Weibo. O novo Exynos vai apresentar desempenho de GPU com suporte para Ray Tracing e a Samsung partilhou uma imagem de referência para ilustrar a diferença.

Exynos 2200 vai suportar Ray Tracing: Samsung mostra a diferença 2

O Ray Tracing é uma simulação precisa de como a luz é refletida nos objetos, portanto, cria reflexos muito mais realistas, mas também iluminação e sombras mais realistas em comparação com o método tradicional de iluminar modelos 3D. O Ray Tracing é exigente do ponto de vista computacional, portanto, usá-lo em jogos requer suporte de hardware para um bom desempenho em tempo real.

O Ray Tracing simula como a luz real se comporta • O sombreamento de taxa variável coloca menos foco em áreas menos importantes.

Vai gostar de saber:  Ferrari testa o seu primeiro veículo elétrico antes da estreia em 2025

Exynos 2200 vai suportar Ray Tracing: Samsung mostra a diferença 3

Dado o excelente desempenho do Exynos 2200, há relatos de que a operadora dos EUA Verizon pediu que a versão americana do seu FlagShip da Samsung use o Chipset Exynos 2200 em vez do Snapdragon 898.

Anteriormente, a Samsung apresentou apenas a versão do Chipset FlagShip Exynos dos seus produtos móveis em algumas regiões da Europa e sudeste da Ásia. Na China continental, os Estados Unidos e outros mercados os equipamentos Samsung são vendidos principalmente com processadores Snapdragon. Mas isso pode estar a mudar.

Fonte, Através da

Leiam as últimas notícias do mundo da tecnologia no Google News , Facebook  e Twitter e também no nosso Grupo de Telegram
Todos os dias vos trazemos dezenas de notícias sobre o mundo Android em Português. Sigam-nos no Google Notícias. Cliquem aqui e depois em Seguir. Obrigado!