Android Geek
O maior site de Android em Português

Esta aplicação ajuda a identificar aranhas e cobras perigosas

Esta aplicação desenvolvida por dois engenheiros australianos conta com inteligência artificial e crowd-sourcing para ajudar a aprender mais sobre o mundo e as suas criaturas. Isso é o que pode ser chamado de Shazam de animais perigosos.

Graças à aplicação Critterperdia, podemos saber mais sobre cobras e aranhas. Esta aplicação desenvolvida por dois engenheiros australianos conta com inteligência artificial e crowd-sourcing para ajudar a aprender mais sobre o mundo e as suas criaturas.

Critterpedia

Isso é o que pode ser chamado de Shazam de animais perigosos. Como a famosa aplicação de reconhecimento de música, a Critterperdia foi desenvolvida para permitir que qualquer pessoa identifique as espécies com que se deparam. O outono aproxima-se e em breve as aranhas vão invadir nossas casas, se por acaso encontrar uma dessas criaturas e se perguntar se é uma viúva negra (uma das aranhas mais perigosas), tudo o que precisam fazer é pegar no smartphone e tirar uma foto do invasor.

Graças à inteligência artificial, a aplicação fornece todas as respostas numa fração de segundo. A ideia é permitir que o utilizador identifique os espécimes no seu caminho. Isso também pode ser útil durante este período de férias.

Acalmar fobias e acabar com mitos

Não se enganem sobre o objectivo da Critterperdia. Os programadores explicam que o objectivo desta aplicação é acima de tudo para aliviar fobias e colocar em perspectiva o perigo das espécies.

" Educar as pessoas sobre a vida selvagem de uma forma divertida e interativa, é a chave de uma plataforma que pode realmente fazer a diferença na vida dos utilizadores. Explica Murray Scare, um dos programadores do Critterperdia.

A aplicação é baseada num base de dados oficial australiana , que lista uma variedade de informações sobre várias espécies perigosas. O país tem mais de 2.000 aranhas e 180 espécies de cobras, onde se inclui 20 das mais venenosas do mundo.

A Critterperdia também se baseia no poder do crowd-sourcing. Os utilizadores podem de facto dar a sua contribuição para enriquecer a aplicação. Quanto mais fotos os utilizadores tiram, mais a base de dados cresce. Já possui mais de 200.000 fotos.

Finalmente, a Critterpedia ainda está a ser finalizada. A aplicação ainda não está disponível na Play Store e na App Store, mas já é possível registarem-se no beta acedendo à página web oficial: Critterpedia.com.

 

Todos os dias vos trazemos dezenas de notícias sobre o mundo Android em Português. Sigam-nos no Google Notícias. Cliquem aqui e depois em Seguir. Obrigado!