Android Geek
O maior site de Android em Português

Empresa ao serviço do governo dos Estados Unidos instalou software de rastreio em aplicações de milhões de utilizadores de smartphones

Uma pequena empresa com ligações com as comunidades de defesa e inteligência dos Estados Unidos incorporou o seu software em várias aplicações móveis, permitindo rastrear os movimentos de centenas de milhões de smartphones em todo o mundo, de acordo com entrevistas e documentos descobertos ​​pelo The Wall Street Journal . Anomaly Six LLC é a empresa em questão, que foi “capaz de extrair dados de localização de mais de 500 aplicações móveis” do seu próprio kit de desenvolvimento de software, incorporado diretamente em algumas aplicações:

Uma nova informação do Wall Street Journal diz que uma empresa contratada pelo governo dos EUA incorporou software em mais de 500 aplicações, rastreando milhões de pessoas em todo o mundo.

Uma pequena empresa com ligações com as comunidades de defesa e inteligência dos Estados Unidos incorporou o seu software em várias aplicações móveis, permitindo rastrear os movimentos de centenas de milhões de smartphones em todo o mundo, de acordo com entrevistas e documentos descobertos ​​pelo The Wall Street Journal .

Anomaly Six LLC é a empresa em questão, que foi "capaz de extrair dados de localização de mais de 500 aplicações móveis" do seu próprio kit de desenvolvimento de software, incorporado diretamente em algumas aplicações:

A Anomaly Six diz que usa o seu próprio SDK em algumas aplicações e, em outros casos, tem dados de localização de outros parceiros.

A informação afirma que a Anomaly Six é uma empresa contratada para fornecer dados de localização a "agências do governo dos EUA e clientes do setor privado". Disse ao WSJ que restringe a venda de dados de localização de Smartphones dos EUA apenas ao setor privado.

Empresa ao serviço do governo dos Estados Unidos instalou software de rastreio em aplicações de milhões de utilizadores de smartphones 1

A informação revelada mostra ainda que "várias" agências governamentais dos EUA consideraram o esquema legal.

As capacidades da empresa foram descritas em documentos preparados para oficiais militares que foram analisados ​​pelo Wall Street Journal. A empresa também explicou as suas práticas de negócios num briefing recente ao gabinete do senador Ron Wyden, cuja equipa a descreveu ao WSJ. O Oregon Democrat conduziu uma investigação sobre a venda de dados de localização dos americanos.

Os dados extraídos das aplicações são supostamente anónimos com identificadores alfanuméricos não vinculados aos nomes dos utilizadores, no entanto, com o tempo, os dados anónimos podem ser facilmente associados a um indivíduo (se o utilizador fizer o mesmo trajeto de casa para o trabalho todos os dias, por exemplo).

De acordo com entrevistas com várias pessoas do setor, há pouca regulamentação nos EUA sobre a compra e venda de dados de localização, levando ao que um veterano do setor chamou de "Oeste Selvagem". Os consumidores passaram a esperar aplicações gratuitas, e os fabricantes de aplicações passaram a vender dados do utilizador para pagar os custos de desenvolvimento e execução do software.

Podem ler a informação completa aqui.

Agora começamos a perceber a paranóia dos EUA

Agora começa a fazer sentido esta fobia dos EUA com toda a tecnologia que não controlam. Basicamente têm receio que outros governos façam o mesmo que eles próprios fazem.

Todos os dias vos trazemos dezenas de notícias sobre o mundo Android em Português. Sigam-nos no Google Notícias. Cliquem aqui e depois em Seguir. Obrigado!