Android Geek
O maior site de Android em Português

Donald Trump quer banir todos os produtos da Huawei nos EUA

Nos últimos meses, vimos como os Estados Unidos se opuseram fortemente aos smartphones Huawei vendidos no seu território, supostamente por razões de espionagem e segurança nacional. Em plena tensão crescente na guerra comercial que está a ser travada pela China e pelos Estados Unidos, o presidente Trump quer dar um novo passo.

As relações comerciais entre as empresas não dependem apenas das decisões dos seus executivos e gestores, nem mesmo dos seus acionistas. Muitas vezes, as regulamentações governamentais exigem que as empresas operem de uma maneira ou de outra.

Nos últimos meses, vimos como os Estados Unidos se opuseram fortemente aos smartphones Huawei vendidos no seu território, supostamente por razões de espionagem e segurança nacional.

Em plena tensão crescente na guerra comercial que está a ser travada pela China e pelos Estados Unidos, o presidente Trump dá agora um novo passo para acentuar o conflito.

Operadores nos EUA não podem usar equipamentos Huawei

Conforme relatado pela Reuters, fontes próximas ao governo confirmaram que Donald Trump iria assinar esta semana uma ordem executiva que proibe as operadoras de telecomunicações de usar dispositivos nas suas redes que tenham sido fabricados pela Huawei.

Esta decisão foi estudada durante um ano, mas foi adiada em numerosas ocasiões, agora dado o confronto comercial agressivo para a implementação de tarifas entre os dois países, Donald Trump confirmaasrestrições.


O governo dos EUA continua a alertar que suas comunicações não devem passar por equipamentos chineses, já que o governo chinês pode alegadamente pressionar a Huawei para fins políticos. A empresa tem negado constantemente que isso tenha acontecido a qualquer momento e, embora não haja provas ou casos reais, os americanos preferem colocar as trancas á porta sem dados concretos.

As operadoras europeias já disseram que se a Huawei for proibida de fornecer equipamentos de telecomunicações, os serviços ficarão mais caros e a implementação de redes 5G será mais lenta. Há alguns países como a Inglaterra ou a Alemanha que estão a estudar a situação, mas até agora não foram detectadas falhas de segurança ou más práticas por parte da Huawei.

 

Este Website usa cookies para providenciar uma melhor experiência. Pode recusar se desejar. Aceitar Saber Mais