Android Geek
O maior site de Android em Português

Counterpoint: Samsung solidifica sua liderança na Europa Central e Oriental

A Samsung realizou uma conferência de imprensa na IFA 2019 e deu a conhecer a visão da empresa, focada em inovação, conectividade e no futuro.

Esses números colocam a Samsung numa posição favorável no mercado, com uma participação de mercado impressionante de 40%, que é duas vezes maior que a concorrente mais próxima, a Huawei.

De acordo com a mais recente análise de mercado da Counterpoint, a Samsung está excepcionalmente bem na Europa Central e Oriental. A gigante coreana registou um crescimento de 21% em relação ao ano anterior em remessas de smartphones na região e 8% em relação ao trimestre anterior.

Uma imagem com pessoa, homem, exterior, em péDescrição gerada automaticamente

Esses números colocam a Samsung numa posição favorável no mercado, com uma participação de mercado impressionante de 40%, que é duas vezes maior que a concorrente mais próxima, a Huawei.

Contraponto: Samsung solidifica sua liderança na Europa Central e Oriental

A principal razão do sucesso da Samsung nesta parte da Europa é o lançamento bem-sucedido da série Galaxy A no início deste ano, responsável por 70% das remessas da fabricante. Além disso, a proibição imposta à Huawei deu à Samsung algum espaço para respirar e a empresa não hesitou em arrebatar alguma participação de mercado.

 

No entanto, os analistas de mercado sugerem que a Samsung deve ser cautelosa nos próximos trimestres, uma vez que as marcas chinesas são particularmente agressivas nessa região. A Xiaomi, por exemplo, assumiu a terceira posição acima da Apple. A Oppo, a vivo e a Realme procuram expandir ainda mais o seu alcance de mercado, já que os europeus do leste compram principalmente smartphones de baixa a média gama - um segmento no qual as marcas chinesas têm um portfólio rico.

Sem mencionar que o mercado chinês está estagnado há vários trimestres consecutivos e fabricantes como Huawei, Oppo, vivo, OnePlus, Realme e Xiaomi estão à procura novos mercados para continuar o seu crescimento.

Fonte

 

Este Website usa cookies para providenciar uma melhor experiência. Pode recusar se desejar. Aceitar Saber Mais