Android Geek
O maior site de Android em Português

Coronavírus: Elon Musk ridiculariza aqueles que têm medo do vírus

Nesta publicação, ele rodiculariza as pessoas em pânico com a epidemia de coronavírus. Perante uma ruptura de stock de papel higiénico em algumas lojas, ele chama aqueles que fizeram suas reservas de estúpidas.

Como sempre, Elon Musk, o fundador da Tesla e da SpaceX, publicou no Twitter uma nova mensagem que grande agitação. Nesta publicação, ele rodiculariza as pessoas em pânico com a epidemia de coronavírus.

Perante uma ruptura de stock de papel higiénico em algumas lojas, ele chama aqueles que fizeram suas reservas de estúpidas.

Elon Musk fez furor nas redes sociais. O chefe da Tesla e da SpaceX é respeitado pelo trabalho que realizou nos campos automotivo e aeronáutico, mas é criticado pelas suas posições em assuntos mais sensíveis e pelas suas mensagens controversas no Twitter. E repetiu a gracinha hoje neste novo tweet publicado no final da semana passada.

Numa mensagem lacônica, ele diz que "o pânico do coronavírus é estúpido". Sem mais explicações. Algumas horas depois, outro utilizador do Twitter que segue Elon Musk na rede social responde a esta mensagem com outra declaração: “O que é ainda mais estúpido é a falta de papel higiênico. Em vários países, os consumidores correram para grandes lojas para armazenar determinados produtos em casa, como papel higiénico.

O pânico do coronavírus é burro

 

Obviamente, a história não termina aí. num novo tweet, Elon Musk responde com uma foto, na qual vemos a janela de um joalheiro com um rolo de papel higiénico enfeitado por uma fita dourada. Ao lado, encontramos o preço: US $ 3.999. E uma oferta promocional "tentadora": um anel de diamante oferecido na compra deste rolo. O papel tornou-se tão raro que pode tornar-se um produto de luxo.

Mesmo se o pânico sentido por algumas pessoas é justificado ou não, não merece gozo nas redes sociais. Especialmente porque, mesmo que os números ainda não atinjam os da gripe dasaves ou da epidemia de Ebola de 2014. A disseminação global do coronavírus está a ganhar força. Há cada vez mais focos de infecção, seja na Europa, nos Estados Unidos e até na América do Sul. De acordo com as últimas informações internacionais de 9 de março de 2020, 111.000 casos foram registados e 3892 morreram. Isto não são números "burros".

 

Este Website usa cookies para providenciar uma melhor experiência. Pode recusar se desejar. Aceitar Saber Mais