Android Geek
O maior site de Android em Português

Confirmado: Huawei Mate 30 não terá Play Store ou Google Apps

A Huawei acaba de confirmar que o Mate 30 será lançado sem nenhuma aplicação do Google.

Os próximos Huawei FlagShips, os tão esperados Huawei Mate 30 e Mate 30 Pro, que é lindo segundo o que vimos recentemente vão ser revelados numa questão de dias. É por isso que esta recente informação é tão importante.

A Huawei acaba de confirmar que o Mate 30 será lançado sem nenhuma aplicação do Google. Em vez disso, virá com alternativas de terceiros executadas numa versão personalizada do Android 10. Esta é uma grande notícia. Para quem não sabe, O conjunto de aplicações do Google inclui algumas ferramentas fantásticas, como Google Maps, Google Agenda, Google Agenda, Google Drive, Google Assistant e Gmail.

Na conferência da IFA,  Dr. Wang Chenglu, presidente de software de consumo da Huawei, salienta que a empresa estava a desenvolver alternativas ás aplicações e serviços do Google, onde se incluem navegação GPS. Apesar da perda de aplicações do Google, parece que o Mate 30 vai executar a versão mais recente do Android, como o Android é um softwarede código aberto, significa que qualquer um pode usá-lo. Em outras palavras, o tão elogiado HarmonyOS da empresa não fará a sua estreia no Mate 30 e, presumivelmente, nem no Mate X.

A informação de hoje, vem da Nikkei Asian Review, e confirma que a série Mate 30 será o primeiro telefone a ser vendido sem os serviços do Google.

O Mate X, o smartphone dobrável da Huawei, será o segundo dispositivo disponível sem aplicações do Google.

Segundo analistas, as vendas de smartphones da Huawei sofrerão uma queda de pelo menos 10 milhões de unidades em 2019. Esta situação terá um impacto nas vendas globais. Embora o ecossistema do Android não seja tão restrito quanto o iOS da Apple, aplicações como Google Maps e Gmail são essenciais para a maioria dos utilizadores. Esperar que os clientes usem alternativas de terceiros ou implementem soluções alternativas para aceder a essas aplicações é um risco.

Esperamos saber mais quando o telefone for lançado a 19 de setembro. Com base nesses desenvolvimentos, as coisas não parecem boas para o Huawei Mate 30, mas estamos otimistas que a Huawei irá superar esta fase.

É injusto e revoltante ver um dispositivo tão promissor como o Mate 30 sofrer por causa de algo assim.

A Huawei enfrenta um "momento de viver ou morrer", disse o fundador e CEO Ren Zhengfei num memorando da empresa em 20 de agosto. Parece que isso se aplica agora mais do que nunca.

 

(Fonte 1, Fonte 2)

 

Este Website usa cookies para providenciar uma melhor experiência. Pode recusar se desejar. Aceitar Saber Mais