Android Geek
O maior site de Android em Português

Check Point cria enciclopédia de malware para sistemas operativos Mac

CHKP), fornecedor global líder em soluções de cibersegurança, dá a conhecer a lista de completa do malware e das infeções direcionadas aos sistemas operativos Mac que podem comprometer a segurança de todo o ecossistema empresarial.   Com um crescimento de 100% no que respeita a malwares e infeções, a consciencialização para a cibersegurança do MacOS torna-se mais importante, uma vez que ainda existem muitos utilizadores que acreditam que este é um sistema operativo seguro e imune, não necessitando de se preocupar quanto à sua proteção.

A equipa de investigação da Check Point® Software Technologies Ltd. (NASDAQ: CHKP), fornecedor global líder em soluções de cibersegurança, dá a conhecer a lista de completa do malware e das infeções direcionadas aos sistemas operativos Mac que podem comprometer a segurança de todo o ecossistema empresarial.
 
Com um crescimento de 100% no que respeita a malwares e infeções, a consciencialização para a cibersegurança do MacOS torna-se mais importante, uma vez que ainda existem muitos utilizadores que acreditam que este é um sistema operativo seguro e imune, não necessitando de se preocupar quanto à sua proteção.

Check Point cria enciclopédia de malware para sistemas operativos Mac 1
 
Apesar da exploração de malware direcionado ao MacOS estar relativamente inexplorado e atrasado comparativamente aos sistemas operativos Windows, no que respeita à sua sofisticação, complexidade, número de infeções. Com o tempo, os malwares também se estão a tornar+ mais sofisticados e a utilizar mais táticas de infeção, evasão e abuso da arquitetura do MacOS para disseminar malware, como por exemplo aplicações assinadas por criadores legítimos e certificados da Apple, para evitar serem descobertas.
 
Ao longo dos anos foram muitos os investigadores que se dedicaram à caça de malware no OS X, e à produção de Informações de análise detalhados, com o objetivo de criar sensibilização sobre o tema. A Check Point Software reuniu uma lista com 45 malwares direcionados ao MacOS:
 

  • MacSweeper (2008)
  • iService (2009)
  • MacDefender/MacProtector (2011)
  • Tsunami (2011)
  • Imuler (2011)
  • DNSChanger, Qhost (2011)
  • Wirenet (2012)
  • Flashback (2011)
  • Gopher (2015)
  • Pirrit (2016)
  • KeRanger (2016)
  • Empyre (2016)
  • Keydnap (2016)
  • Mokes (2016)
  • Komplex (2016)
  • Eleanor (2016)
  • Adwind RAT (2016)
  • FakeFileOpener (2016)
  • FileCoder (2017)
  • XAgent (2017)
  • MacRansom (2017)
  • MacSpy (2017)
  • Snake (2017)
  • Systemd/Demsty (2017)
  • MacDownloader (2017)
  • FruitFly (2017)
  • OSX/Dok (2017)
  • Proton (2017)
  • CPUMeaner (2017)
  • Pwnet (2017)
  • Mughthesec (OperatorMac) (2017)
  • Calisto (2018)
  • CreativeUpdate (2018)
  • Dummy (2018)
  • CoinTicker (EvilEgg) (2018)
  • EvilOSX (2018)
  • EggShell (2018)
  • OSX/MaMi (2018)
  • AppleJeus (2018)
  • OSX/Shlayer (2018)
  • CrossRAT (2018)
  • Coldroot (2018)
  • MacMalDoc (2018)
  • OSX/DarthMiner (2018)
  • OSX.FairyTale (2018)
     

Para aceder à descrição e explicação completa da forma de atuação de cada um destes malwares cliquem aqui.

 

Ajuda-nos a chegar mais longe, partilha com os teus amigos

Obrigado pela visita!

Este Website usa cookies para providenciar uma melhor experiência. Pode recusar se desejar. Aceitar Saber Mais

Ajuda-nos a chegar mais longe, partilha com os teus amigos

Obrigado pela visita!
close-link