Android Geek
O maior site de Android em Português

CEO da Qualcomm diz que a proposta da Broadcom não é uma mais valia para a empresa

não é novo que a Broadcom está a preparar-se para comprar o seu rival fabricante de chips, Qualcomm, num negócio avaliado em 130 mil milhões de dólares.

CEO da Qualcomm diz que a proposta da Broadcom não é uma mais valia para a empresa 1

Um dos homens que poderia desempenhar um papel fundamental para determinar se as empresas chegavam a um acordo, é Steve Mollenkopf, CEO da Qualcomm. Mas Mollenkopf não parece estar de acordo com a proposta de aquisição, tendo em conta a sua postura recente sobre o assunto.

Steve Mollenkopf Qualcomm
Steve Mollenkopf

Na passada quinta-feira o executivo-chefe da Qualcomm, falou num evento organizado pelo Economic Club de Washington, onde reiterou a sua oposição a uma aquisição da Broadcom, especialmente na abordagem hostil que a Broadcom iniciou recentemente. Mollenkopf afirmou que o acordo “não oferece qualquer mais valia” para a Qualcomm. Ele acredita que a Qualcomm está bem posicionada como uma empresa independente, especialmente para tecnologias emergentes para dispositivos ligados e a quinta geração de redes sem fio (5G).

A declaração surge após o último passo da Broadcom para a compra da Qualcomm. A empresa dos EUA, com sede em Singapura, intensificou os seus esforços para adquirir a Qualcomm por 130 mil milhões de dólares ao enviar a sua própria lista de directores para remover o actual conselho de administração da Qualcomm, em março do próximo ano.
Mesmo que essa última jogada falhe, a fabricante de chips de computadores também está inclinada a fazer uma nova tentativa com uma oferta melhorada que os accionistas da Qualcomm podem achar irresistível.

Dificilmente a Broadcom conseguirá comprar a Qualcomm

Se este acordo finalmente se aprofundar, seria a maior aquisição do sector de tecnologia. Contudo, parece muito improvável que tal negócio se concretize, considerando o enorme poder que a empresa incorporada poderá reunir num sector em expansão, impulsionado pelo crescimento dos smartphones e uma série de dispositivos ligados, que vão desde os automóveis até aos wearables.

Partilhar é importante, mostra este artigo aos teus amigos!

Obrigado, ficamos a dever-te uma 😉
Fonte yahoo
Através de gizmochina

Este Website usa cookies para providenciar uma melhor experiência. Pode recusar se desejar. Aceitar Saber Mais

Partilhar é importante, mostra este artigo aos teus amigos!

Obrigado, ficamos a dever-te uma ;)
close-link