CEO da Huawei diz que telefones 5G acessíveis chegam em 2020

A principal razão pela qual a Huawei decidiu lançar duas versões diferentes do seu FlagShip é que a tecnologia 5G é mais cara.

O 5G ainda está nas suas etapas iniciais, e ainda assim, apenas alguns países em todo o mundo têm redes 5G disponíveis. No entanto, a maioria dos smartphones lançados no segundo semestre do ano possui uma versão 5G. Por exemplo, até o Huawei Mate 30 Pro vem em duas versões diferentes, uma 4G e um 5G. A principal razão pela qual a Huawei decidiu lançar duas versões diferentes do seu FlagShip é que a tecnologia 5G é mais cara. Huawei Mate 20 X 5GO Mate 20 X vem com suporte para a nova era do 5G mas com um preço caro, mas as coisas vão mudar em 2020. De acordo com Richard Yu da Huawei, os telefones 5G mais baratos estão a chegar no próximo ano. "O 5G definitivamente atingirá a faixa intermédia e a faixa de preço ainda mais baixa definitivamente a partir do próximo ano", disse Richard Yu enquanto falava com jornalistas no evento da série Mate 30. "Este ano (nossa) segmentação premium é o 5G, no próximo ano iremos para smartphones 5G de nível médio e, posteriormente, para o nível baixo".

Dado que Huawei tradicionalmente adere aos seus chipsets Kirin, mesmo para smartphones de gama média, é uma boa dica de que veremos um processador Kirin de gama média habilitado para 5G nos próximos meses. Actualmente, o Kirin 810 e Kirin 710 lidam com os segmentos gama média e de baixo custo da Huawei e Honor. Portanto, podemos ver um Chipset da série Kirin 800 habilitado para 5G no próximo ano. Qualcomm Snapdragon 5G Esta notícia chega logo após a Qualcomm anunciar os seus planos de lançar chipsets Snapdragon das séries 600 e 700 de gama média integrados 5G. De facto, o Chipset 5G de gama média superior da Qualcomm poderia chegar  antes do final deste ano. Notavelmente, a Samsung já tem o Exynos 980 com um modem 5G integrado direccionado a smartphones que não sejam flagships. Portanto, esperem uma nova onda de smartphones 5G cada vez mais acessíveis nos próximos meses.

Relacionado:  Mi Band 6 ajuda a Xiaomi a superar a Apple na liderança global em dispositivos Wearable

Fonte

 

Leiam as últimas notícias do mundo da tecnologia no Google News , Facebook  e Twitter e também no nosso Grupo de Telegram
Todos os dias vos trazemos dezenas de notícias sobre o mundo Android em Português. Sigam-nos no Google Notícias. Cliquem aqui e depois em Seguir. Obrigado!