Android Geek
O maior site de Android em Português

Canalys confirma a liderança da Xiaomi na Índia pelo oitavo trimestre consecutivo

Agora outra empresa de pesquisa, a Canalys lançou a sua própria informação, que lança ainda mais luz sobre o desempenho dos principais OEMs na Índia.

Um par de dias, a empresa de pesquisa Strategy Analytics divulgou os seus dados de pesquisa para o segundo trimestre de 2019. Os dados revelam uma forte evolução para a fabricante chinesa de telefones, Xiaomi, assim como outras perspectivas positivas. Agora outra empresa de pesquisa, a Canalys lançou a sua própria informação, que lança ainda mais luz sobre o desempenho dos principais OEMs na Índia. Canalys confirma a liderança da Xiaomi na Índia pelo oitavo trimestre consecutivo 1 A análise cobre o segundo trimestre deste ano e mostra que as remessas de smartphones caíram 0,5% como resultado da relutância dos utilizadores de telefones feature, em actualizarem para smartphones. Os dados confirmam novamente que a Xiaomi é a principal fornecedora de telefones na Índia em termos de volume de remessas. A empresa de pesquisa também apontou que este é o oitavo trimestre consecutivo em que a empresa alcança este feito. A Xiaomi vendeu cerca de 10,3 milhões de smartphones no segundo trimestre, um pouco acima dos 9,9 milhões de unidades vendidas no mesmo período do ano passado.Canalys confirma a liderança da Xiaomi na Índia pelo oitavo trimestre consecutivo 2 O rival interno chinês Vivo, também registou um aumento maciço nas suas vendas em 63%. Enquanto que a Oppo e a Realme, todas as subsidiárias da BBK Electronics, também cresceram significativamente. A Vivo aumentou na categoria de preços INR 10.000 - INR15.000, com vendas impressionantes com o seu Vivo Y17 e Vivo Y91, aproximando a empresa de Shenzhen bastante da Samsung.

A Samsung é a segunda maior fabricante de smartphones na Índia, mas os equipamentos expedidos da empresa no segundo trimestre de 2019 tiveram um declínio nas vendas e na participação de mercado. A Canalys diz que a Xiaomi controla 31% do mercado, a Samsung consegue uma participação de mercado de 22%. Também digno de se notar é que quase todo o mercado de smartphones na Índia é controlado pelas cinco principais marcas, responsáveis ​​por 88% do mercado. Este é um sólido aumento de 8% em relação ao ano anterior. De acordo com o Director de Pesquisa da Canalys, a maior parte do crescimento no mercado vem de utilizadores que actualizam de dispositivos de nível de entrada para média gama, com preços entre INR15.000 e INR20.000 (cerca de US $ 200 a US $ 300). Há também especulações de que os fabricantes deixarão de produzir telefones por menos de INR10.000 (cerca de US $ 150), desta formao mercado ficará ainda mais lento.

 

Fonte

Este Website usa cookies para providenciar uma melhor experiência. Pode recusar se desejar. Aceitar Saber Mais