BOE é a maior fabricante de ecrãs de smartphones a nível global

A fabricante chinesa de ecrãs ‎‎BOE‎‎ é segundo esta pesquisa de mercado a fabricante de ecrãs nº1 do mundo com 408 milhões de unidades enviadas durante este período.

‎Uma empresa chinesa de pesquisa de mercado Qunzhi Consulting divulgou uns dados de pesquisa de mercado, em que detalha o desempenho dos principais fabricantes de ecrãs a nível mundial em 2020. Esta informação revela que em 2020, o total de envios de smartphones globais foi de 1,888 mil milhões, o que representa um aumento homólogo de 6%.‎BOE é a maior fabricante de ecrãs de smartphones a nível global 1

A fabricante chinesa de ecrãs ‎‎BOE‎‎ é segundo esta pesquisa de mercado a fabricante de ecrãs nº1 do mundo com 408 milhões de unidades enviadas durante este período. Assim, a empresa chinesa controla uma quota de mercado de 21,6%, um aumento homólogo de 5,2%.‎

‎Além da BOE, a Samsung e a Tianma ficaram em segundo e terceiro lugar, com remessas de 370 milhões e 194 milhões, respectivamente.‎BOE é a maior fabricante de ecrãs de smartphones a nível global 2

‎Entre elas, a quota de mercado da ‎‎Samsung‎ foi de ‎19,6%, menos 7% em termos homólogos, e a de Tianma 10,3%, menos 8,5% em termos homólogos. O relatório mostra também que os três primeiros da lista ocupam, no máximo, 50% da quota de mercado total.‎

‎De acordo com os dados, os envios da BOE dependem principalmente de painéis A-Si, com um envio total de 278 milhões de ecrãs, representando cerca de 70% dos envios de painéis de smartphones da BOE.‎

Relacionado:  Huawei submete marca registada "DriveMINI", pode ser semelhante ao DriveOne

‎No entanto, apesar da BOE ter ultrapassado a Samsung e tornar-se o maior fornecedor de painéis de smartphones do mundo, 70% dos seus envios dependem de painéis A-Si.‎BOE é a maior fabricante de ecrãs de smartphones a nível global 3

‎No mercado de painéis OLED, a Samsung tornou-se a número um com 370 milhões de envios, mantendo uma posição dominante.‎ ‎O aumento dos envios dos ecrãs vai um pouco contra a maré atual, onde se vê uma redução no envio de chips como resultado da escassez.‎

‎A este respeito, a Qunzhi Consulting acredita que, devido à recuperação gradual do mercado de chips, os fabricantes de telefones estão a focar todos os seus esforços para os produtos de gama baixa. Além disso, acredita-se que os fabricantes tenham colocado um grande número de encomendas para prepararem previamente os painéis, a fim de evitarem a subsequente escassez de peças.‎

Todos os dias vos trazemos dezenas de notícias sobre o mundo Android em Português. Sigam-nos no Google Notícias. Cliquem aqui e depois em Seguir. Obrigado!