Android Geek
O maior site de Android em Português

As linhas Galaxy S e Galaxy Note da Samsung podem se fundir no próximo ano

Mas, se os rumores forem verdadeiros, essa prática poderá acabar em breve.

A Samsung lançou este ano os Galaxy S10 e Note 10. Na verdade, todos os anos, sem falhas, a Samsung anuncia uma série de FlagShips da marca Galaxy-S em fevereiro ou março e um Galaxy Note (ou dois) de última geração num evento em agosto. Mas, se os rumores forem verdadeiros, essa prática poderá acabar em breve.

analise-samsung-galaxy-note-10-plus-pacote-completo-do-melhor-que-a-industria-tem-androidgeek-2019-08-27_10-53-02_644904.jpg
Se tivéssemos que definir a linha Note em uma única palavra esta seria sem dúvida "Produtividade".

As linhas Galaxy S e Galaxy Note podem tornar-se apenas uma

Durante uma conferência de imprensa no início deste ano sobre a série Galaxy S10, a Samsung admitiu admitiu as suas dúvidas sobre o nome do 'Galaxy S11' por ser "muito longo" e revelou que era improvável que os modelos do próximo ano seguissem o nome.
A empresa também afirmou que podemos estar a um bom momento para "unificar a marca", um comentário que chegou sete meses depois de a Samsung ter tido discussões internas sobre uma possível fusão entre as linhas Galaxy S e Galaxy Note em algum momento no futuro.

A S Pen poderá em breve ser integrada à série Galaxy S - as linhas Galaxy S e Galaxy Note da Samsung poderão se fundir no próximo ano A S Pen poderá em breve ser integrada na série Galaxy S.

Evan Blass partilhou uma nova informação que vem diretamente de uma "fonte sólida" que sugere que essas discussões ainda estão em curso. E se a empresa avançar com o plano, tudo poderá acontecer já no próximo ano.

Como esta mudança drástica pode ser implementada?

Durante os primeiros anos do Galaxy S e Galaxy Note, houve uma clara distinção entre os dois. No entanto, desde a chegada das linhas Galaxy S6 e Galaxy Note 5 em 2016, as diferenças foram reduzidas e as semelhanças aumentaran visivelmente. Muitos até argumentaram que os recentes dispositivos Galaxy Note são simplesmente modelos Galaxy S com uma S Pen e parece que a Samsung agora reconhece isso.

Não há garantia de momento que a Samsung siga esses planos - está tudo “muito fluido e experimental neste estágio - mas é possível que a série Galaxy S e a linha Galaxy Note possam ser fundidas numa única gama de dispositivos chamados 'Galaxy One' que chegaria no início de 2020 em vez do Galaxy S11.

Se o próximo ano for considerado muito cedo para a mudança, a empresa poderá adiar a alteração por mais doze meses. Quando dois se tornam um (Galaxy) um - as linhas Galaxy S e Galaxy Note da Samsung podem se fundir no próximo anoSe for dada a aprovação, a nova linha da Samsung representará essencialmente uma “série S com uma caneta S”.

Não sabemos nesta fase, se a caneta estaria presente em todos os modelos ou reservada para os dispositivos maiores e mais caros, mas, independentemente disso, essa estratégia deixaria uma grande lacuna no cronograma anual de lançamentos da Samsung.

Samsung poderia substituir o lançamento do Galaxy Note por um FlagShip dobrável

Segundo a fonte, a esperança dentro da Samsung é preencher o ponto de lançamento desocupado pela série Galaxy Note com um sucessor do Galaxy Fold. Essa ideia depende muito do desempenho actual do Galaxy Fold em termos de vendas e funcionalidade e ainda pode vir a ser descartada, mas é inegavelmente um claro indicador da visão da Samsung para o futuro.

De acordo com as informações mais recentes, o Galaxy Fold de segunda geração terá um display OLED flexível de 6,7 polegadas que possui um pequeno furo para a câmara selfie e dobra verticalmente como o próximo Motorola Razr em vez de horizontalmente como o original. Espera-se que este modelo em particular seja mais fino, mais compacto e visivelmente mais barato que o Galaxy Fold da actual geração. No entanto, deve apontar a compradores mais interessados ​​em moda e luxo do que em tecnologia.

Samsung Galaxy Fold - as linhas Galaxy S e Galaxy Note da Samsung podem se unir no próximo anoNão está claro se a Samsung tem planos para outro dispositivo dobrável, mas pode optar por criar um segundo modelo que substitua diretamente o Galaxy Fold deste ano. Dessa forma, a empresa sediada em Seul seria capaz de atingir dois grupos de consumidores - aqueles que procuravam algo menor e aqueles que procuravam uma experiência semelhante a um tablet que pudesse caber no bolso.

 

Este Website usa cookies para providenciar uma melhor experiência. Pode recusar se desejar. Aceitar Saber Mais