Apple supostamente vai recorrer à BOE para displays OLED para os futuros iPhones

A LG foi apontada como futura fornecedora de painéis OLED para a Apple para os novos iPhone e, embora esse acordo ainda esteja em andamento, parece que não substituirá a Samsung como principal fornecedor. Os últimos rumores afirmam que a BOE da China terá essa missão. Mas o acordo ainda está para ser finalizado.

Primeiro, a empresa terá que provar que pode produzir painéis OLED de acordo com as especificações rigorosas da Apple e com os volumes necessários. O vice-presidente sénior da BOE afirma que a fábrica de Chengdu já está com um rendimento de 70%, o que, segundo os especialistas, está próximo do que a empresa precisará para a produção em massa.

Ainda assim, se um acordo for alcançado, veremos iPhones com ecrãs OLED fornecidos pela BOE em 2020, no mínimo (de acordo com uma fonte). Enquanto isso, a Apple comprará os painéis principalmente à Samsung com uma pequena participação da LG.

Apple supostamente a falar com BOE para displays OLED para futuros iPhones

A BOE já fornece painéis LCD para iPads e MacBooks, por isso tem experiência em trabalhar com a Apple. Sem mencionar que é o fornecedor número 1 de grandes LCDs no mundo.

Relacionado:  Apple iPhone 13 regista números impressionantes de pré reservas na china

Os benefícios do acordo apresentam-se de duas maneiras. A Apple quer reduzir os custos (e a posição dominante da Samsung no OLED o que contribui para negociações difíceis). A China quer competir com a Coreia do Sul e o Japão na produção de displays (e ter a aprovação da Apple é visto como um testemunho de qualidade).

Fonte

 

Leiam as últimas notícias do mundo da tecnologia no Google News , Facebook  e Twitter e também no nosso Grupo de Telegram
Todos os dias vos trazemos dezenas de notícias sobre o mundo Android em Português. Sigam-nos no Google Notícias. Cliquem aqui e depois em Seguir. Obrigado!