Apple sacode pressão da UE para um carregador de telefone universal, diz que vai sufocar a inovação

a Apple. Na semana passada, o Parlamento Europeu fez uma emenda a um projeto de lei que tornaria um carregador universal obrigatório para telefones (e outros aparelhos sem fio).

a Apple. Na semana passada, o Parlamento Europeu fez uma emenda a um projeto de lei que tornaria um carregador universal obrigatório para telefones (e outros aparelhos sem fio).

A UE tem pressionado por um carregador universal para smartphones há mais de uma década, mas sempre houve um inimigo a esta ideia: a Apple.

Na semana passada, o Parlamento Europeu fez uma emenda a um projeto de lei que tornaria um carregador universal obrigatório para telefones (e outros aparelhos sem fio). Esta semana, a Apple emitiu uma resposta.

Cupertino alerta que um carregador universal sufocará a inovação e será problemático para os consumidores. Para provar o argumento, a Apple encomendou um estudo, que descobriu que a mudança para um único padrão implicará custos de 1,5 mil milhões de euros, muito maiores que os previstos 13 milhões de euros em benefícios ambientais.

A Apple já migrou parcialmente para o USB-C - os modelos mais recentes do iPad Pro e MacBook já usam esta porta (os laptops também possuem um conector de 3,5 mm). E o iPhone 11 Pro duo vem com um carregador USB-C, mas precisa de um cabo C-Lightning para ligar-se ao telefone. Até agora, todos os rumores de que o iPhone teria uma porta USB-C provaram ser falsos.

Relacionado:  Xiaomi ultrapassa a Samsung em Espanha, Portugal é a seguir?

De qualquer forma, a Comissão Europeia publicará o próprio estudo sobre o impacto de um carregador universal no final de janeiro ou no início do próximo mês. Atualmente, a Comissão Europeia está a analisar a melhor maneira de criar legislação para exigir um carregador universal.

Fonte

 

Todos os dias vos trazemos dezenas de notícias sobre o mundo Android em Português. Sigam-nos no Google Notícias. Cliquem aqui e depois em Seguir. Obrigado!