Android Geek
O maior site de Android em Português

Apple opta por bateria mais barata para compensar custo do 5G

A integração do 5G no iPhone 12 vai custar caro à Apple. Para manter baixo o preço dos futuros iPhones sem perder nas suas margens, a empresa vai abordar os seus fornecedores para que baixem o preço dos seus componentes.

Da série "Tudo tem um preço" : A integração do 5G no iPhone 12 vai custar caro à Apple. Para manter baixo o preço dos futuros iPhones sem perder nas suas margens, a empresa vai abordar os seus fornecedores para que baixem o preço dos seus componentes. Segundo o analista Ming Chi-Kuo abbateria do novoil iPhone custaria 50% menos que a do iPhone 11.

iPhone 12

Semanas antes da apresentação do iPhone 12, o analista Ming-Chi Kuo, muitas vezes uma das melhores fontes sobre produtos Apple, acaba de publicar o que é certamente uma das últimas novidades sobre o novo smartphone. Já sabíamos, todos os iPhones de 2020 serão compatíveis com 5G. E, ao contrário de muitos smartphones Android que já se beneficiam dessa conectividade graças às bandas de frequência sub-6 GHz, os futuros iPhones serão compatíveis com os chamados bandas milimétricas (mmWave) que permitem aproveitar velocidades muito mais rápidas.

iPhone 12: Apple aposta em baterias mais baratas

O 5G é obviamente caro para a Apple e para todas as empresas, pois, de acordo com Ming-Chi Kuo, o custo de cada iPhone subirá entre $ 200 e $ 220. Em detalhes, as bandas abaixo de 6 GHz custariam entre $ 75 e $ 85 e o mmWave entre $ 125 e $ 135. A Apple quer evitar que a mudança para a nova geração da rede tenha um impacto negativo no preço do iPhone 12 e as suas diversas variações. Segundo as últimas notícias, a empresa conta com um aumento máximo de cerca de $ 50 / €.

Para conseguir isso, a Apple encontra-se a explorar diferentes opções. Recentemente, falámos aqui da possibilidade do iPhone 12 vir sem carregador ou fones de ouvido na caixa. Se a ausência de um carregador parece improvável, a de fones de ouvido não nos surpreenderia. A última informação de Ming-Chi Kuo detalha uma "Maior pressão de negociação" por parte dos fornecedores.

Os esforços em poupar referem-se principalmente à bateria. A Apple supostamente vai optar por um design mais simples e menor com menos camadas em comparação com os iPhone 11, 11 Pro e 11 Pro Max. A bateria nova seria, portanto, 40 a 50% mais barata. Kuo acredita, no entanto, que as reduções de custo em peças internas quase não terão impacto perceptível na experiência do utilizador.

Lembramos que,, o iPhone 12 será apresentado em setembro, mas chegará aos mercados com algumas semanas de atraso. A Apple confirmou este pequeno atraso sem fornecer quaisquer detalhes sobre a efectiva data de lançamento.

Todos os dias vos trazemos dezenas de notícias sobre o mundo Android em Português. Sigam-nos no Google Notícias. Cliquem aqui e depois em Seguir. Obrigado!