Android Geek
O maior site de Android em Português

Apple continua sem solução para o declínio dos seus equipamentos

A Apple viu a maior perda de 30% entre as seis maiores marcas neste trimestre. Ben Stanton, analista da Canalys, denominou esta perda como “O maior declínio de um trimestre na história do iPhone.”

 

A Apple tem tido um quebra significativa nos últimos meses devido a um declínio nos equipamentos expedidos globais. Ao contrário de outros grandes OEMs, o gigante de Cupertino é o mais atingido pela procura global enfraquecida de smartphones, cita a informação da Canalys. As remessas de smartphones caíram globalmente em 6,8%, a passar de 336,8 milhões de envios para 212 milhões no primeiro trimestre de 2019.

A Apple registou o pior declínio neste ano, com queda nas vendas de 23,2%. É a queda mais acentuada, com os equipamentos expedidos a cairem de 52,2 milhões de unidades no 1º trimestre de 2018 para 40,2 milhões no 1º trimestre de 2019, resultando numa participação geral de 15,5%. A Apple viu a maior perda de 30% entre as seis maiores marcas neste trimestre. Ben Stanton, analista da Canalys, denominou esta perda como "O maior declínio de um trimestre na história do iPhone."

smartphone idc

As vendas de smartphones da Apple caíram significativamente nos Estados Unidos e na China este ano. A Xiaomi, Oppo, Samsung e Apple, todos viram uma queda enorme nas suas remessas numa base ano-a-ano. A Xiaomi viu um declínio de 10,2%, a Oppo permaneceu na quinta posição com uma queda de 6%. Apesar da procura pelo Galaxy S10, a Samsung lutou para superar as vendas do último trimestre em 10%.

As remessas de smartphones foram prejudicadas devido a vários motivos - aumento do preço médio de venda, dispositivos de maior qualidade, períodos de substituição mais longos, etc. O declínio nos envios da Apple pode ser atribuído a algumas razões adicionais como tempo de substituição mais demorado e preços mais altos. No entanto, a Apple agora está a concentrar-se em serviços para gerar mais receita.

Os fabricantes de smartphones chineses - Huawei e Vivo são os únicos OEMs que testemunham ganhos consideráveis ​​em termos de participação de mercado e de equipamentos expedidos. A Huawei está agora com o objectivo de tornar-se o maior fabricante de smartphones, afastando a Samsung do primeiro lugar. Embora, não seja fácil, a Samsung está à procura infundir novos dispositivos da série Galaxy A, Galaxy Fold e vários outros produtos gama média no mercado.

Fonte

 

Partilhem com os vossos amigos e ajudem este projecto em Português.

Obrigado pela visita!

Este Website usa cookies para providenciar uma melhor experiência. Pode recusar se desejar. Aceitar Saber Mais

Partilhem com os vossos amigos e ajudem este projecto em Português.

Obrigado pela visita!
close-link