Android Geek
O maior site de Android em Português

Análise Sony Xperia Z5 Premium

Premium: (latim premium) Beneficio acima do esperado; de qualidade superior; mais valioso que o normal.

1          Introdução

Premium: (latim premium) Beneficio acima do esperado; de qualidade superior; mais valioso que o normal.

Será que o Sony Xperia Z5 Premium merece o título de premium? É o que vamos descobrir na nossa análise do smartphone.

maxresdefault.jpg

O Z5 Premium é o mais recente do tridente de aparelhos da gama Z5 que a gigante nipónica lançou no final de 2015. A restante “família” Z5 é constituída pelo Xperia Z5 e ainda por um modelo para quem prefere aparelhos mais pequenos, o Xperia Z5 Compact.

São conhecidas as dificuldades atuais da Sony no mercado mobile nos últimos anos, sendo mesmo apontada como uma marca que trás pouca inovação ano após ano nos seus aparelhos. O que quer dizer que a empresa tinha muito em jogo com a linha Xperia Z5, procurando recuperar terreno para os seus rivais e ao mesmo tempo sacudir a má fama. Acima de tudo era necessário que os aparelhos Z5 fossem um sucesso!

Foi com esse objetivo que a Sony fez deste Z5 Premium o primeiro smartphone com um ecrã 4K (3840 x 2160px). Mas será que essa resolução de ecrã faz diferença num smartphone? Para responder a esta e outras perguntas, usei-o como o meu telefone do dia-a-dia durante cerca de uma semana.

 

#Sony #xperiaz5premium #androidgeek

Uma foto publicada por androidgeek.pt (@androidgeek.pt) a

       Design e Qualidade de Construção

Com o Xperia Z5 Premium a Sony optou por se manter fiel ao seu design “Omnibalance” cujo objetivo é a criação de equilíbrio e simetria em todas as direções. E de facto a presença de linhas retas e formato retangular dão essa sensação. Em tom de brincadeira, costumo dizer que este é um dos casos em que se adora ou se detesta o design.

À primeira vista este é um smartphone com um aspeto luxuoso e para isso muito contribui o aro em metal que o envolve e o painel traseiro em vidro refletivo, fazendo do Z5 premium um autêntico espelho (meninas podem deixar os espelhos em casa!), mas também um íman de impressões digitais. Ao menos o sensor ID não é na parte de trás. Queres saber onde é? Continua a ler…

Ainda no painel traseiro está situada a câmara de 23MP com respetivo flash LED, e os logotipos da Sony e da linha Xperia. A parte frontal é dominada pelo ecrã 4K de 5,5” rodeado por margens reduzidas na lateral e bem maiores no topo e no fundo, sem botões físicos ou capacitivos uma vez que a Sony optou por coloca-los no ecrã. Por cima do ecrã está a câmara frontal, o sensor de proximidade e um LED de notificações. A colocação das colunas stereo na parte de frente é uma agradável surpresa e sem dúvida uma decisão de louvar por parte da Sony, uma vez que em conjunto com o espantoso ecrã fazem um conjunto ideal para o consumo de conteúdo multimédia.

z51.jpg

 

#Sony #xperiaz5premium #androidgeek

Uma foto publicada por androidgeek.pt (@androidgeek.pt) a

Todos os botões estão colocados no lado direito, incluindo o botão “power” com sensor de impressão digital incorporado e ainda um botão dedicado para a câmara. Os botões de volume estão mais abaixo que o habitual e considero essa decisão por parte do fabricante no mínimo discutível, visto que não achei nada prática a sua utilização sendo necessária alguma ginástica para os premir. Na lateral esquerda temos um compartimento selado para cartões microSD e para o cartão SIM, que acho uma boa solução pois não é necessária a utilização de pin ou outro acessório para aceder a esses componentes. Na parte de cima do Z5 Premium encontramos a entrada para phones de 3,5mm e um microfone de cancelamento de ruído. Em Baixo está colocada a entrada micro-USB.

Em geral o smartphone tem um aspeto elegante mas o tamanho e linhas retas não o tornam muito ergonómico. O painel traseiro torna-se algo escorregadio e os botões de volume não têm a colocação ideal. Ainda assim a colocação das colunas e do sensor ID são pontos fortes.

z52.jpg

z53.jpg

3 Hardware e Performance

Características Técnicas

  • Ecrã LCD 5.5” 3840 x 2160, 806 ppi
  • Processador Qualcomm Snapdragon 810
  • RAM 3GB
  • Câmara Traseira 23MP, frontal 5.1MP
  • Armazenamento 32GB com ranhura MicroSD
  • Dimensões 154.4 x 76.0 x 7.8 mm, 180g
  • Bateria 3430mAh
  • Conetividade Wi-Fi 802.11 a/b/g/n/ac, Bluetooth 4.1, NFC, A-GPS / Glonass
  • Redes LTE, LTE Cat6, GSM GPRS/EDGE (2G), UMTS HSPA+ (3G)

De um modo geral este smartphone oferece excelente performance em todos os aspetos graças ao Snapdragon 810, um potente processador octa-core da Qualcomm. Posso afirmar que usei e abusei do poder de processamento deste “menino” e nada o abrandou. Consegui jogar títulos como o Asphalt 8, Mortal Kombat X e N.O.V.A. 3 com muita suavidade e ótima qualidade gráfica. Se tens preocupações acerca dos conhecidos problemas de sobreaquecimento do Snapdragon 810, podes ficar descansado pois em altura alguma achei que a temperatura estivesse demasiado elevada, nem mesmo durante os jogos. Os 3GB de memória RAM permitem alternar entre aplicações sem que estas reiniciem (multitasking) sem o menor problema. Claro que não podia faltar o habitual teste de benchmark do antutu e os resultados estão à vista: quase 80.000 pontos!

z54.jpg

Todo este poderio é alimentado por uma bateria de grande dimensão com capacidade de 3430mAh. Com uma utilização intensiva (chat, redes sociais, jogos, fotos, WI-Fi, dados rede móvel) dura facilmente para um dia inteiro. Talvez para utilizadores mais moderados poderá até chegar aos 2 dias. Durante a minha utilização do Xperia Z5 Premium, em média um ciclo de carga aguentou com cerca 4h de ecrã ligado, o que é bastante bom e superior à maioria dos topos de gama. Os mais gastadores não tem motivo de preocupação pois a Sony incluiu a tecnologia QuickCharge 2.0 que permite carregar 60% da bateria em 1h.

z55.jpg

Como tem sido habitual nos topo de gama da Sony, o Xperia Z5 Premium vem certificado com a norma IP68 fazendo dele resistente ao pó e à água até 1,5m de profundidade durante 30 min (portanto não te aventures na parte funda da piscina com ele!). Em teoria, a colocação das colunas na parte frontal deveria ser traduzida numa sonoridade acima da média e é exatamente isso que acontece. O som é limpo, sem distorção, mesmo com o volume no máximo. Pontos extra para a Sony também pela inclusão de Radio neste aparelho.

Na caixa do Z5 Premium encontramos um cabo USB da praxe e um carregador standard. Embora a caixa que recebi não inclua phones (pois trata-se de um telefone de teste), estes estão incluídos nas unidades para venda.

z56.jpg

4 Ecrã

Como já referi, a grande “bandeira” deste Z5 premium é sem dúvida o seu ecrã IPS com 5,5” e resolução 4K (3840 x 2160px) conhecida ainda como UHD, que se traduz numa densidade de pixéis absolutamente brutal de 806ppi (quase o dobro da do iPhone 6s Plus!). De facto devemos dar crédito à Sony pelo ecrã pioneiro que concebeu com grande qualidade em todos os aspetos. Na minha opinião é a sua característica mais valiosa mas ao mesmo tempo mais controversa.

Porquê? É que a resolução 4K só está disponível para conteúdo multimédia (fotos e vídeos com essa resolução). Tudo o resto está limitado a 1080p (FHD) uma vez que o Android 5.1 Lollipop não suporta nativamente a resolução de 4k. Na prática verifica-se que a resolução do ecrã muda automaticamente de acordo com o conteúdo e a resolução 4K só é ativada se estivermos a ver um vídeo ou foto 4K também. Não posso deixar de estar um pouquinho desiludido por isso, mas a realidade é que não me parece necessária uma resolução tão elevada em aparelhos de 5,5” ou menos, podendo até obrigar a outro tipo de compromissos ao nível da duração da bateria, por exemplo.

No dia-a-dia o ecrã tem boa luminosidade nas mais variadas situações, inclusive quando está diretamente sob luz solar, no entanto para os mais exigentes peca por fazer algum efeito de reflexo. A reprodução de cores é bastante assertiva e regulável ao gosto de cada um.

5 Software e Interface

Este telefone corre a versão Android Lollipop 5.1.1 com a interface Xperia que é simples, leve e sem grandes extras. No fundo está perto da experiência de Android Puro da Google mas com alguns apontamentos extra interessantes, como por exemplo a personalização do IU através de temas e ainda a utilização de mini-aplicações que facilitam bastante o multitasking. Uma das características de software mais uteis é sem dúvida a otimização da utilização de bateria através de modos de economia energética. Existem três modos de poupança com níveis de agressividade de gestão de energia diferentes que modificam as mais variadas características do smartphone como o nível de luminosidade, a ativação de dados móveis e Wi-FI e até o desempenho do processador.

z57.jpg

Aproveitando a sua presença em outras áreas de tecnologia e em nome da inovação (cuja falta tem sido tão criticada), a Sony desenvolveu um modo de integração do seu smartphone com os serviços da playstation (PSN). Isto é, o Xperia Z5 Premium pode ser usado como ecrã para jogos de PS4 (ligado à mesma rede) substituindo assim o televisor.

Já se sabe que haverá atualização para Android 6.0 Marshmallow que suporta a resolução de 4k nativamente. Será que com isso passaremos a ter uma resolução de UHD a tempo inteiro no Z5 Premium? Seria uma excelente notícia e faria este aparelho brilhar ainda mais!

6 Câmaras

No departamento das câmaras a Sony está no seu espaço de conforto uma vez que a qualidade dos seus sensores é reconhecida por todo o mundo. A empresa Japonesa brinda-nos com uma câmara traseira de 23MP, com sensor Exmor RS de 23MP igual à dos restantes aparelhos da gama Z5 que inclui foco automático, modo HDR, deteção de rosto, gravação de vídeo em 4K e uma panóplia de outros modos para todos os gostos. Para aqueles que gostam de personalizar as fotos à sua medida, a Sony também inclui um modo de captura manual, que permite regular o equilíbrio de brancos e o ISO. Já a câmara frontal tem 5,1MP e permite obter “aquela” selfie no modo de beleza.

Na prática, em ambientes com muita luz, o Xperia Z5 Premium capta fotos “deliciosas” com cores vibrantes e muito detalhe (cortesia dos 23MP). Em condições em que a luz não abunda os resultados já são diferentes, as fotos ficam com algum ruído e houve casos em que se observou uma estranha névoa azul por cima das partes mais escuras, que só desaparece se usarmos o modo de noite disponível nas opções da captura manual. Curiosamente o fantasma do sobreaquecimento do Snapdragon 810 deu um ar de sua graça quando tentei usar um dos diversos modos de fotografia. Surgiu uma nota no ecrã, indicando que se a temperatura subir demasiado, a aplicação encerrará (como se pode ver em baixo). Não deixa de ser de enaltecer a atitude da Sony neste caso que avisa os seus clientes de potenciais problemas de sobreaquecimento.

Podes espreitar o conjunto de fotos que tirámos com este smartphone, na sua maioria no modo automático:

Se quiseres ver o Sony Xperia Z5 Premium em ação, preparámos um vídeo de “Hands-On”:

7 Conclusão

Há coisas que ficam para a história e o Xperia Z5 Premium será uma delas porque apesar de a resolução 4K não estar sempre presente, será sempre o primeiro smartphone a utiliza-la no ecrã. A questão é que a inovação tem um custo, o que faz com que só seja possível adquirir este aparelho por valores superiores a 700€, que me parece um pouco exagerado. Na verdade, além do ecrã e da capacidade da bateria o Z5 Premium não apresenta diferenças para o Z5, o que certamente fará refletir um potencial comprador quando comparar os dois, ainda mais com a limitação de utilização do ecrã 4K. Temos que perceber que estamos a lidar com a categoria mais elevada no que diz respeito a smartphones e por isso temos que recorrer a pormenores para encontrar defeitos em equipamentos como o Z5 Premium (nas coisas básicas ele é ótimo em tudo!). Posto isto, não tenho dúvidas em concluir que este aparelho oferece uma performance de topo aliada a uma qualidade de construção soberba e interface muito simples e atrativa. A câmara é excelente, assim como a duração da bateria fazendo com que preencha todos os requisitos de um verdadeiro topo de gama. Para finalizar, e respondendo à questão que coloquei no início: sim, considero que o Xperia Z5 Premium merece o seu título mas não é o único. Há mais e mais baratos que oferecem características semelhantes, até mesmo dentro da “família” Z5.

Partilhar é importante, mostra este artigo aos teus amigos!

Obrigado, ficamos a dever-te uma 😉

Este Website usa cookies para providenciar uma melhor experiência. Pode recusar se desejar. Aceitar Saber Mais

Partilhar é importante, mostra este artigo aos teus amigos!

Obrigado, ficamos a dever-te uma ;)
close-link