Android Geek
O maior site de Android em Português

Análise Sony WF-1000XM3 amor à primeira música

A Sony alterou a aparência de bala de alguns dos seus fones de ouvido sem fio, e também não seguiu os designs de lágrima do género Apple AirPods. Existem efectivamente resquícios de DNA dos originais WF-1000Xs, mas para todos os efeitos, os WF-1000XM3 têm um design totalmente novo.

Não nos lembramos de muitos pares de fones de ouvido que tenham gerado tanta expectativa quanto os fones de ouvido sem fio Sony WF-1000XM3. Os seus antecessores, os WF-1000X lançados em 2017, já eram uma alternativa de som superior aos Apple AirPods com um design adequado à época. Mas dois anos é muito tempo no mundo da tecnologia e agora não há falta de opções para quem procura um par de fones de ouvido sem fio.

A Apple não apenas elevou o patamar com os seus novos AirPods mas parece que todos os fabricantes acordaram para este mercado. Mas isso é uma ótima notícia para o consumidor - os recursos, a qualidade do som e as expectativas aumentam paralelamente e os fabricantes precisam de se esforçar muito mais para se destacar da concorrência .

Felizmente, os Sony WF-1000XM3 conseguem fazer exatamente isso e pelas razões certas.

Análise Sony WF-1000XM3 amor à primeira música 1

Construção e conforto Sony WF-1000XM3s

A Sony alterou a aparência de bala de alguns dos seus fones de ouvido sem fio, e também não seguiu o design de lágrima do género Apple AirPods. Existem efectivamente resquícios de DNA dos originais WF-1000Xs, mas para todos os efeitos, os WF-1000XM3s têm um design totalmente novo.

Não são tão volumosos quanto os Bose Soundsport Free, mas também não são tão pequenos quanto outras opções, estes Sony ficam no meio.

Os Sony WF-1000XM3s estão disponíveis nas cores preto e prata platina - uma estratégia da Sony para alinhar os acabamentos com os oferecidos pelos seus WH-1000XM3.

Análise Sony WF-1000XM3 amor à primeira música 2

A secção externa de cada fone de ouvido é de plástico liso, com um pequeno adesivo circular brilhante na superfície dos gomos esquerdo e direito. Esses patches são na verdade almofadas de controlo sensíveis ao toque; as funções variam de acordo com o fone de ouvido. A Sony implementou uma nova 'estrutura Tri-hold' para o WF-1000XM3, que se concentra em três pontos principais do ouvido para oferecer melhor suporte. Existe até uma borracha especial de alta fricção na superfície para ajudar na estabilidade.

Análise Sony WF-1000XM3 amor à primeira música 3

A Sony fornece sete tamanhos diferentes de fones de ouvido; quatro gomos de 'silicone híbrido' e três gomos de 'conforto triplo', que parecem um pouco mais espessos que os padrão. É uma boa seleção e mais do que vemos em muitos rivais. Os fones de ouvido entram no ouvido num ângulo levemente descendente e o utilizador precisa torce-los para os prender no lugar. A intrusão mínima, mas o utilizador irá sentir o som bem isolado. No geral, achámos um ajuste confortável e equilibrado - confortável, sem ser muito intrusivo.

Análise Sony WF-1000XM3 amor à primeira música 4

Os Sony WF-1000XM3s não são direccionados especificamente para desporto, embora sejam,  sem dúvida, uma opção viável, desde que não planeiem correr o IronMan com eles.

Recursos Sony WF-1000XM3s

No coração de cada fone de ouvido está um processador Sony QN1e HD com cancelamento de ruído. É praticamente idêntico ao Chipset encontrado nos Auscultadores over-ear Sony WH-1000XM3. A Sony alega que este Chipset oferece um aumento de 40% na qualidade de cancelamento de ruído, em comparação com os WF-1000Xm. Este chipset usa processamento de 24 bits (o Chipset na parte superior da orelha é de 32 bits) e alega trazer maior eficiência aos fones de ouvido, permitindo uma melhor duração da bateria. Nestes fones de ouvido da Sony, o Chipset atua não apenas como processador de cancelamento de ruído, mas também suporta tarefas de amplificação analógica e DAC. Estes  Sony WF-1000XM3s suportam codecs SBC e AAC, mas não há aptX HD Bluetooth.

Análise Sony WF-1000XM3 amor à primeira música 5

Especificações técnicas da Sony

  • Versão Bluetooth 5.0
  • aptX HD Não
  • Cancelamento de ruído sim
  • Duração da bateria 6 horas (BT + ANC)
  • Duração da bateria (estojo de carregamento) 18 horas (BT + ANC)
  • Controlo de voz Siri, Google Assistant

 

Acabamentos Sony WF-1000XM3s

Como é a norma com fones de ouvido TrueWireless, os Sony WF-1000XM3s vêm com o seu próprio estojo de carregamento. É robusto, comparado aos estojos que vêm com os Apple AirPods ou os Cambridge Audio Melomania 1s. A caixa de carregamento da Sony é mais estreita que o dos WF-1000Xs, mas um pouco mais alto , sem dúvida , em parte devido ao formato e tamanho dos novos fones de ouvido. A parte superior é articulada e colorida em cobre, o que lhe dá uma elegância adicional quando combinado com o preto da versão que tivemos para análise.

 


A Sony fez grandes progressos com a vida útil da bateria do WF-1000XM3, grandes progressos mesmo! Temos cerca de seis horas de reprodução como padrão, a caixa de carregamento tem energia suficiente para três cargas extra, dando um total de 24 horas com utilização de Bluetooth e cancelamento de ruído.

Análise Sony WF-1000XM3 amor à primeira música 6

Se por alguma razão tiverem que sair à pressa, 10 minutos de tempo de carregamento são suficientes para dar 90 minutos de utilização. Se desativarem o cancelamento de ruído a duração da bateria aumenta para oito horas, com as cargas adicionais a permitirem um total de 32 horas. Os AirPods da Apple têm cinco horas por carga (+19 da caixa). Há algumas outras opções que conseguem tempos de bateria ligeiramente superiores, mas nenhum desses modelos oferece cancelamento de ruído.

Algo que não apreciei particularmente, foi o facto de não existir indicador de bateria na caixa, a luz vermelha do LED na frente pisca rapidamente se não houver energia suficiente para carregar completamente os fones de ouvido, mas não temos ideia se a caixa se encontra a 50%, 80% ou 100%.

Aplicação Sony Headphones Connect

A aplicação Sony Headphones Connect existe há já algum tempo, e oferece um pouco mais de controlo sobre algumas das funções dos WF-1000XM3s. podem ver o nível da bateria de cada fone de ouvido, alterar o equalizador integrado e inverter as funções dos controlos de toque - útil para canhotos que se sintam mais confortáveis ​​alterando os controlos.

Análise Sony WF-1000XM3 amor à primeira música 7

Recomendamos que o Modo de qualidade do som esteja definido para priorizar a qualidade do som em vez da conexão Bluetooth. Também experimentámos o processador de som DSEE HX, que pode ser ligado ou desligado, e sugerimos que o liguem para um melhor resultado.

É raro encontrar um par ou fones de ouvido que implementem controlos de toque na perfeição, mas a Sony fez um trabalho excelente. O alvo para o dedo em cada fone de ouvido é pequeno, mas não tivemos qualquer dificuldade em interagir por toque com os WF-1000XM3. O painel de controlo esquerdo é para ativar ou desativar o cancelamento de ruído (está ativado como padrão) e ativar o modo Som ambiente, que permite que nos mantenhamos atentos ao ruído externo. Tocar e segurar vai ativar o recurso de atenção rápida, que permite manter uma conversa sem precisar pausar ou parar a música.

Os restantes controlos possíveis são, um toque único para reproduzir / pausar, um toque duplo salta uma música para a frente e um toque triplo anda uma música para trás.

Podemos ainda tocar e segurar para iniciar uma conversa com um assistente virtual à nossa escolha - tanto a Siri como o Google Assistant são suportados. Outro pormenor de destaque é que ao retirarmos do ouvido un dos fones de ouvido a música será interrompida automaticamente . Coloquem-no de volta no ouvido e a música continuará onde parou.

Curiosamente não há aparentemente forma de controlar o volume com os fones de ouvido. Desta não estávamos à espera, isto implica termos que recorrer ao telefone ou smartwatch para alterar o volume, não é o ideal. Talvez este recurso seja adicionado através de uma futura atualização de firmware.

Som Sony WF-1000XM3s

Os fones sem fio da Sony WF-1000XM3s reunem todos os ingredientes necessários para criar um som maravilhosamente musical. Os instrumentos soam naturais, críveis e tão expressivos e cativantes quanto os vocais. Há subtileza quando as notas graves da faixa aumentam e diminuem de intensidade. À medida que a bateria explode em cada refrão, os Sony não têm medo de dar a cada batida força e equilíbrio. Esse tipo de destreza dinâmica é difícil de encontrar em quaisquer fones de ouvido , não importa o seu tamanho.

Análise Sony WF-1000XM3 amor à primeira música 8

É difícil não ficar impressionado com o que a Sony conseguiu fazer com estes fones de ouvido tão pequenos. Numa tentativa de melhorar ainda mais a experiência auditiva, a Sony apresentou um novo Chipset Bluetooth para estes fones de ouvido Sony WF-1000XM3 e também alterou a maneira como os fones de ouvido comunicam entre si e com a sua fonte da música. A Sony afirma que o áudio deve chegar sempre aos dois fones de ouvido simultaneamente, resultado de uma conexão mais robusta e também minimizando a possibilidade de qualquer atraso do áudio e problemas de sincronização. De facto, a Sony alega uma redução de 75% na latência em comparação com os WF1000Xs. Nós experimentámos estes Sony com uma mistura de conteúdo desde Netflix, YouTube e Spotify. Não encontrámos problemas de sincronização.  A qualidade em chamada é boa, considerando que os microfones estão nos fones de ouvido e pela distância da boca podia haver alguma perda de qualidade, mas não. A execução destes Sony WF-1000XM3 é quase perfeita.

Em vez de transmitir o som de um ouvido para o outro, o novo chip de Bluetootht ransmite o som para os ouvidos esquerdo e direito simultaneamente, para uma experiência de audição excecional.

Análise Sony WF-1000XM3 amor à primeira música 9

 

Veredito

A Sony conseguiu mesmo algo especial nestes WF-1000XM3. Eles são excelentes, a duração da bateria é a melhor e é um dos únicos pares no mercado a oferecer cancelamento de ruído ativo e executá-lo tão bem. Os controlos carecem de alguma habituação e é uma pena que, pelo menos por enquanto, não permitam que se altere o volume , mas não há simplesmente uma performance mais musical e envolvente de um par de fones de ouvido sem fio True Wireless.

Ficámos bem e verdadeiramente apaixonados.

Preço e disponibilidade

Os Sony WF-1000XM3 já estão disponíveis no mercado nacional por um preço recomendado de 250€. Pode parecer um valor excessivo para dar por uns fones de ouvido. Mas estes não são os mais caros e no seu segmento são claramente os melhores.

 

 

Análise Sony WF-1000XM3 amor à primeira música
Análise Sony WF-1000XM3 amor à primeira música 10

A Sony alterou a aparência de bala de alguns dos seus fones de ouvido sem fio, e também não seguiu os designs de lágrima do género Apple AirPods. Existem efectivamente resquícios de DNA dos originais WF-1000Xs, mas para todos os efeitos, os WF-1000XM3 têm um design totalmente novo.

Editor's Rating:
5

Este Website usa cookies para providenciar uma melhor experiência. Pode recusar se desejar. Aceitar Saber Mais