Análise Logitech Astro A30. Para quem leva os jogos a sério

Como jogadores, todos nós queremos a melhor experiência de jogo possível. Isso significa jogar com o melhor equipamento possível.

A Logitech adquiriu a marca Astro em 2017, e desde então, temos mais uma razão para estarmos atentos às novidades Logitech. O Astro A30, considerado um fone de ouvido premium, promete áudio de qualidade sem compromisso, entre vários dispositivos.

Como jogadores, todos nós queremos a melhor experiência de jogo possível. Isso significa jogar com o melhor equipamento possível. E para muitos de nós, isso significa ter uma variedade de dispositivos por onde escolher. Poderá ter um PC para os seus jogos preferidos de um só jogador, uma Xbox para os de vários jogadores, e uma Switch para jogos em movimento. Mas e se pudesse jogar todos esses jogos – e mais – em qualquer dispositivo, sem mudar nada?

Com os auscultadores Logitech Astro A30., isso é agora uma realidade. Este versátil equipamento pode ligar-se a qualquer dispositivo com Bluetooth ou um cabo auxiliar de 3,5 mm, tornando-o compatível com tudo, desde PCs a dispositivos portáteis para jogos até smartphones. E se precisar de se ligar a algo que não tenha Bluetooth ou uma porta de 3,5 mm? Não há problema! O A30 também vem com um transmissor USB, que lhe permitirá utilizar a tecnologia sem fios LIGHTSPEED 2,4 GHz com qualquer dispositivo que a suporte. Quer esteja a jogar na sua TV de sala ou em movimento, o A30 tem-no coberto.

O preço do A30 significa que vai debater-se com os melhores no mercado, mas a Logitech sabe bem o que faz.

Análise Logitech Astro A30. Para quem leva os jogos a sério 1

Especificações chave Logitech Astro A30:

  • Conectividade: Bluetooth, Dongle 2.4GHz, fio destacável de 3.5mm (tomada para auscultadores/combinação)
  • Diâmetro do Driver: 40mm
  • Resposta de frequência: 20 – 20.000 Hz
  • Compatibilidade: PS5, Xbox, PC, dispositivos Bluetooth, Nintendo Switch
  • Características: Comutação de dispositivos, mistura de áudio, microfone destacável, 27 horas de autonomia da bateria, tecnologia sem fios LIGHTSPEED
  • Preço: 209,90€

Estão incluídos na caixa: Astro A30, caixa de transporte, cabo USB-A para USB-C, receptor LIGHTSPEED, conector combinado de 3,5mm.

Design

O auricular de jogo Astro A30 parece Premium desde o momento em que o retiramos da caixa. As suas laterais são adornadas com um efeito único, e a cor branca da nossa unidade é uma lufada de ar fresco em comparação com a lista de intermináveis auscultadores pretos foscos que vemos. A construção plástica dos auscultadores deixa, no entanto, algo a desejar, e não nos encheu realmente de confiança quando o colocámos na cabeça ou o ajustámos.

Análise Logitech Astro A30. Para quem leva os jogos a sério 2

A almofada de cabeça é firme, e feita de um material semelhante à borracha que agrava o cabelo mais comprido. Isto é uma pena, porque o design elegante dos auscultadores faz com que tenham um aspecto fantástico. Cada lado tem um conjunto de botões e controlos, mas é fácil de nos habituarmos a eles.

O microfone destacável é um toque agradável, mas teríamos preferido que estivesse mais de acordo com o mantra da Steelseries de apenas o esconder dentro dos auscultadores, em vez de termos mais uma coisa que podemos perder. A porta de carregamento USB-C também encaixa bem na parte inferior, e a duração de 27 horas da bateria é fantástica.

O Astro A30 vem nas opções azul navy ou branco, com um look elegante e arrojado. Os padrões iridescentes no exterior dos auriculares dão uma aparência moderna e futurista, o que faz com que a estética seja um dos pontos fortes deste equipamento. Excelente equilíbrio entre performance gaming e design moderno para utilização em actividades do quotidiano. Isto faz com que o A30 seja a escolha ideal para aqueles que tentem fugir ao tradicional design mais pesado dos headsets gaming de gama média-alta.

Conforto

Aqui o Astro A30 atinge um patamar de excelência.

Os auriculares giram 90 graus e têm também uns quantos graus de ajuste na vertical para um ajuste mais preciso.

Análise Logitech Astro A30. Para quem leva os jogos a sério 11
Logitech Astro A30

Depois de 8 horas de utilização não existe desconforto, dado que as almofadas dos auriculares são muitíssimo confortáveis, em grande parte porque a força de aperto do headset contra a cabeça é ideal, de forma a não causar desconforto, mas o suficiente para isolar o ruído exterior de forma bastante eficiente. O facto de a bandolete ser aborrachada contribui para que o headset não escorregue da cabeça.

5 estrelas.

Características

É de destacar a autonomia, que, após testes, se revela ser bem superior ás 27 horas anunciadas pela Logitech . O carregamento é feito via porta USB C, e uma nota positiva é que o headset pode ser carregado enquanto está em funcionamento, garantindo assim a disponibilidade total do equipamento.

No auricular esquerdo situa-se o botão de mute do microfone, bem como as entradas para ligar quer o jack de 3,5mm, quer a haste de extensão do microfone.

O Astro A30 traz também um dongle USB que permite uma fácil ligação ao pc. Este dongle tem um botão que faz a mudança entre ligação ao pc e playstation.

Análise Logitech Astro A30. Para quem leva os jogos a sério 12
Logitech Astro A30

Dentro da caixa, para além dos cabos e dongle USB wireless, vem uma bolsa que permite transportar o headset de forma segura e prática.

Está disponível a app mobile Logitech G, onde se podem ajustar vários parâmetros, desde equalizador a update de firmware. Podem também ser criados vários perfis para diferentes ambientes de utilização. São reproduzidos sons indicativos em determinadas acções como ligar, desligar, mute e emparelhamento bluetooth, que podem ser desligados através da app.

Performance

A ligação ao pc windows via wireless não começou da melhor maneira, dado que o microfone era detectado pelo sistema mas não captava som. Percebi depois que o dongle USB tem um botão que alterna entre modo PC e modo playstation, com diferentes tons de azul para cada modo. O facto de a embalagem não incluir um manual não ajudou. Ao alternar para o modo PC, tudo funcionou perfeitamente.

Análise Logitech Astro A30. Para quem leva os jogos a sério 13
Logitech Astro A30

Durante um dia de trabalho, tenho que contactar clientes via telefone IP. Tenho também o spotify ligado num volume baixo e o telemóvel ligado via Bluetooth. Isto faz com que consiga contactar clientes e ouvir música pelo PC, e receber chamadas e ver conteúdo multimédia pelo telemóvel sem ser necessário tirar o headset. Muito prático para uma utilização em contexto de trabalho, mas será que num ambiente gaming a performance também é aceitável?

A resposta é sim. As reservas que existem sempre sobre a latência dissiparam-se nos primeiros minutos de jogo, com tempos de resposta praticamente iguais a um headset com fio, e o equilíbrio entre o som ambiente do jogo e o voice chat, ajustável através do mini joystick, é uma opção de configuração perfeita para evitar alterações constantes das configurações de áudio dentro do jogo.

Quanto ao microfone, utilizar o microfone interno sem a haste de extensão não é realmente uma opção, mesmo em actividades outdoor, uma vez que é perceptível a distância da voz ao microfone pela outra pessoa. O uso da haste de extensão do microfone torna-se imprescindível, quer em chamadas de voz, quer no voice chat em ambiente gaming. Ainda assim, mesmo com a haste de extensão ligada, a qualidade do microfone parece ser um dos pontos fracos do Astro A30. De qualquer maneira, a Logitech marca pontos pela ergonomia e flexibilidade da haste.

Análise Logitech Astro A30. Para quem leva os jogos a sério 14

Quanto à qualidade de som dos auriculares, está ao nível do que um headset deste preço deve produzir. Bastante bom. Os graves não apresentam distorção em volumes mais elevados e os agudos são nítidos, tanto em ambiente gaming como ao ouvir música. É de notar que a reprodução de música em alta qualidade com este headset é uma experiência em si só.

De volta à app Logitech G. Por defeito, o valor de retorno do microfone está nos 40%, tanto no microfone interno como na haste de extensão, uma configuração que não parece fazer muito sentido. O ideal seria o retorno estar desligado por defeito.

Há alguns modos que pudemos testar em relação à qualidade de som do Astro A30. Em primeiro lugar, podemos testar jogos através do Lightspeed Wireless da Logitech ou através da PS5. Jogar através do Logitech’s Lightspeed Wireless foi fácil; reproduzimos todo o tipo de música, e surpreendentemente, o perfil sonoro dos auscultadores conseguiu lidar com tudo com facilidade, tendo sempre uma boa clareza e definição enquanto ouvíamos música. É certamente uma lufada de ar fresco depois de ouvir tantos auriculares de jogo com graves exagerados.

Análise Logitech Astro A30. Para quem leva os jogos a sério 15

O palco sonoro geral é bastante uniforme e amplo. Se quiser configurar mais o som, podem também utilizar a aplicação móvel Logitech G Hub, que proporciona uma experiência sem frustrações para personalizar a vossa experiência de audição.

Aqui, pode também configurar o perfil de som para estar em modo ‘Astro Footsteps’, o que lhe permite ouvir os passos ligeiramente mais nítidos, baixando as frequências, ao mesmo tempo que não turva demasiado o perfil.

A configuração dual-mic do A30 é agradável de ter, contudo nenhum dos microfones – o microfone incorporado, ou o microfone de expansão destacável – conseguiu impressionar.

Considerando o quão impressionante é o áudio dos auscultadores, não pudemos deixar de nos sentir ligeiramente desapontados pelos microfones.

Considerações finais

O Astro A30 é ótimo quer para trabalhar, quer para jogar, mas fica um patamar abaixo dos níveis apresentados por outros equipamentos do mesmo segmento.

O preço não é para todas as carteiras, e provavelmente estará 50 euros acima do que deveria estar.

Análise Logitech Astro A30. Para quem leva os jogos a sério 16
Logitech Astro A30

O design dirigido a um público com um estilo de vida mais ativo é um dos pontos fortes deste headset, que assim o diferencia dos equipamentos mais volumosos da maior parte da concorrência.

Outro ponto forte é a autonomia da bateria, que surpreende pela positiva. O conforto será talvez a característica mais digna de destaque de todas, já que é um dos pontos que mais diferença faz ao fim de uma ou duas horas de utilização.

Quando se trata de jogos, uma das coisas mais importantes é ter um bom auscultador. Afinal, é preciso poder ouvir o que se passa no jogo para ter uma oportunidade de vencer. Mas os fios podem ser uma dor de cabeça. É por isso que o Logitech A30 Wireless Headset é uma opção tão boa. Liga sem fios a PC, Xbox Series X|S, PS5 e através do transmissor 2,4 GHz sem fios LIGHTSPEED e Bluetooth, para que possa experimentar jogos livremente em qualquer plataforma. Pode também ligá-lo a dispositivos com o conector de áudio de 3,5 mm incluído. Além disso, tem mais de 27 horas de autonomia da bateria, para que possa jogar durante dias sem ter de se preocupar com umarecarga. E se isso não for suficiente, também pode assumir o controlo e personalizar toda a experiência áudio do seu próprio telemóvel com a aplicação móvel Logitech G (iOS e Android). Assim, se procura um novo auricular que lhe permita jogar a sério, os A30 da Logitech são a escolha perfeita.

 

82%
Para quem leva os jogos a sério

Análise Logitech Astro A30

Se estiver no mercado para um BOM par de auscultadores que durará todo o dia e lhe permitirá estar ligado a vários dispositivos, então os Astro A30 da Logitech são perfeitos .

  • Design
  • Autonomia
  • Conforto
  • Som
  • Microfone

Estes auscultadores são elegantes, confortáveis, e têm uma grande duração de bateria. No entanto, têm um preço relativamente elevado e a qualidade do microfone poderia ser melhor.

Leiam as últimas notícias do mundo da tecnologia no Google News , Facebook  e Twitter e também no nosso Grupo de Telegram
Todos os dias vos trazemos dezenas de notícias sobre o mundo Android em Português. Sigam-nos no Google Notícias. Cliquem aqui e depois em Seguir. Obrigado!
Deixe um comentário