Android Geek
O maior site de Android em Português

Adidas está a usar realidade aumentada para vender tenis de edição limitada

A Adidas diz que está a “reinventar” o mundo dos sapatos com a experiência ComplexCon, a Nike tem vindo a experimentar realidade aumentada para vender tenis altamente cobiçados desde 2017, quando lançou o SB Dunk High Pro “Momofuku” através da sua aplicação SNKRS. A própria Adidas que já testou os recursos de AR, embora isso tenha sido simplesmente para fins de marketing.

A Adidas diz que está a “reinventar” o mundo dos sapatos com a experiência ComplexCon, a Nike tem vindo a experimentar realidade aumentada para vender tenis altamente cobiçados desde 2017, quando lançou o SB Dunk High Pro “Momofuku” através da sua aplicação SNKRS. A própria Adidas que já testou os recursos de AR, embora isso tenha sido simplesmente para fins de marketing. Agora que a Adidas está realmente a usar a tecnologia para vender sapatos, é mais um exemplo de como as marcas de roupa desportiva levam a sério o potencial da realidade aumentada. 

Adidas está a usar realidade aumentada para vender tenis de edição limitada 1

“Uma transação que teria levado mais de duas horas no passado agora é realizada em poucos minutos após o lançamento do AR”, disse Chris Engphy, diretor senior de ativação digital da Adidas North America, ao Engadget. “Em eventos como o ComplexCon o utilizador tem um mix muito diversificado de participantes que vai de revendedores, colecionadores a entusiastas da moda e criadores de cultura … e todos têm uma possibilidade justa no mesmo lançamento.”

Adidas está a usar realidade aumentada para vender tenis de edição limitada 2

Ele disse ainda que a Adidas tem procurado intensamente a realidade aumentada nos últimos dois anos, e que o que vamos ver na ComplexCon é apenas uma pequena amostra do que a empresa planeou para o futuro próximo. “Antes do final do ano”, acrescentou Murphy, “pretendemos fornecer mais acesso aos nossos produtos mais desejados através do digital”. A Adidas espera que o seu serviço de AR sirva ao menos impedir as pessoas de lutar por pares, o ComplexCon do ano passado acabou por ser bastante caótico.

 

Fonte

Partilhar é importante, mostra este artigo aos teus amigos!

Obrigado, ficamos a dever-te uma 😉

Este Website usa cookies para providenciar uma melhor experiência. Pode recusar se desejar. Aceitar Saber Mais

Partilhar é importante, mostra este artigo aos teus amigos!

Obrigado, ficamos a dever-te uma ;)
close-link