A Toyota quer cobrar mensalidade para usarem funcionalidades inteligentes nos seus carros

O novo modelo de subscrição vem da nova divisão de Serviços Conectados da Toyota (Via TheVerge). Depois de adquirirem um novo veículo Toyota, a empresa poderia oferecer aos seus clientes a opção de adquirir um destes novos serviços.

A Toyota pretende cobrar aos utilizadores funcionalidades que já estão instaladas no seu veículo, através de mensalidades. A empresa está em transição para um plano de subscrição mensal pago, que começa por os seus utilizadores pagarem para usar a funcionalidade de arranque do carro remoto através das chaves.

O novo modelo de subscrição vem da nova divisão de Serviços Conectados da Toyota (Via TheVerge). Depois de adquirirem um novo veículo Toyota, a empresa poderia oferecer aos seus clientes a opção de adquirir um destes novos serviços. O Remote Connect é uma funcionalidade do serviço que permite aos utilizadores iniciarem os seus carros remotamente a partir do sua chave. Dito de outra forma, podemos estar a assistir a uma mudança na indústria automóvel, uma vez que as “funcionalidades inteligentes” podem ser disponibilizadas através de novos planos mensais de subscrição.

A Toyota quer cobrar mensalidade para usarem funcionalidades inteligentes nos seus carros 1

A empresa está atualmente a oferecer testes gratuitos de Controlo Remoto, embora a duração do ensaio esteja dependente do pacote de áudio incluído no veículo. Para tornar as coisas ainda mais complicadas, apenas alguns modelos da Toyota suportam atualmente os pacotes Audio Plus ou Premium Audio, que permitem tirar partido do teste gratuito. No entanto, podemos confirmar que o modelo de subscrição é oficial, com planos a partir de $8/mês ou $80/ano. A Tesla, por exemplo, oferece um serviço de subscrição semelhante com as suas atualizações OTA (Over the Air) pagas, que permitem aos utilizadores ativar funcionalidades que já estão integradas no carro mas que estão atrás de um acesso pago.

 

A Toyota quer cobrar mensalidade para usarem funcionalidades inteligentes nos seus carros 2

Isto inclui o pagamento de “Bancos Aquecidos Traseiros” a ser ativado. A Tesla, por outro lado, normalmente exige um pagamento único por estas funcionalidades em vez de pagamentos mensais. Embora isto ainda não seja comum nos automóveis, o futuro dos carros inteligentes com DLCs pagos (Conteúdo Transferível) pode não estar longe. Ou seja, um dia estará a pagar uma mensalidade à empresa automóvel por pequenas funcionalidades inteligentes que já estão integradas no seu veículo. Com a adoção pela Toyota deste modelo de negócio, podemos esperar que outras marcas sigam o exemplo com os seus próximos carros inteligentes num futuro próximo.

Leiam as últimas notícias do mundo da tecnologia no Google News , Facebook  e Twitter e também no nosso Grupo de Telegram
Todos os dias vos trazemos dezenas de notícias sobre o mundo Android em Português. Sigam-nos no Google Notícias. Cliquem aqui e depois em Seguir. Obrigado!