A Canon na China apenas permite entrada de funcionários com sorriso através de câmaras IA

‎As câmaras são instaladas com a intenção de garantir que todos os funcionários estejam 100% felizes o tempo todo. Os funcionários só serão permitidos em salas, ou reuniões quando eles colocarem um sorriso.

‎A ‎‎subsidiária ‎‎chinesa Canon Information Technology já instalou câmaras que usam a ‎‎inteligência artificial nos seus escritórios, por toda a China, mas que apenas reconhecem rostos sorridentes. Por outras palavras, a câmara só permite entrada aos seus trabalhadores nas instalações, desde que tenham um sorriso. A câmara utiliza a tecnologia de "reconhecimento de sorriso" habilitada para IA nos seus escritórios na China.‎

A Canon na China apenas permite entrada de funcionários com sorriso através de câmaras IA 1

‎As câmaras são instaladas com a intenção de garantir que todos os funcionários estejam 100% felizes o tempo todo. Os funcionários só serão permitidos em salas, ou reuniões quando eles colocarem um sorriso. No entanto, duvidamos se a tecnologia alcançará de alguma forma o propósito para o qual foi instalada. Tudo o que um funcionário infeliz tem que fazer é fingir um sorriso para ter o acesso necessário.‎

‎No ano passado, ‎‎a China superou os Estados Unidos no número de registos de patentes de inteligência artificial.‎‎ Assim, não é de admirar que a multinacional japonesa tenha escolhido a China como um teste para esta nova tecnologia. A tecnologia de reconhecimento de sorrisos foi anunciada pela primeira vez no ano passado pela empresa, como um componente das suas mais recentes ferramentas de gestão no local de trabalho. No entanto, não ganhou nenhuma tração e duvidamos se alguma vez ganhará uma ampla aceitação.‎

Relacionado:  Por que a tecnologia de câmaras sob o ecrã é tão desafiante? A ZTE explica em detalhe

A Canon na China apenas permite entrada de funcionários com sorriso através de câmaras IA 2

‎A tecnologia poderá enfrentar obstáculos rígidos nos EUA e em outras regiões onde poderá ser vista como uma invasão de privacidade. Câmaras de trabalho geralmente são legais se forem instaladas em locais públicos, e se os funcionários estiverem cientes disso. Além disso, a empresa precisa mostrar que há uma necessidade legítima de filmar, em conformidade com as leis de alguns países. Neste caso, não podemos descobrir a necessidade que exija uma câmara de "reconhecimento de sorriso".‎

A Canon na China apenas permite entrada de funcionários com sorriso através de câmaras IA 3

Esta tecnologia poderia ser usada em outra vertentes, que não apenas permitir a entrada de funcionários em determinadas zonas, se forem detetados a sorrir. Parece algo realmente desnecessário, que só irá tornar as situações embaraçosas e fora de contexto.

Leiam as últimas notícias do mundo da tecnologia no Google News , Facebook  e Twitter e também no nosso Grupo de Telegram
Todos os dias vos trazemos dezenas de notícias sobre o mundo Android em Português. Sigam-nos no Google Notícias. Cliquem aqui e depois em Seguir. Obrigado!