Android Geek
O maior site de Android em Português

9 aplicações Android maliciosas para desinstalarem já!

000 vezes. Estas apps manhosas e maliciosas estão mascaradas como ferramentas de otimização de desempenho.

Há nove aplicações Android falsas na Play Store que foram instaladas 470.000 vezes. Estas apps manhosas e maliciosas estão mascaradas como ferramentas de otimização de desempenho. Na realidade, estas aplicações conseguiam acesso fraudulento às contas do Google e do Facebook dos utilizadores. Isto foi revelado pela conhecida  Trend Micro, uma empresa japonesa especializada em segurança cibernética.

A empresa fez uma publicação para relatar a segmentação por malware no Android. A estratégia aplicada aqui é bastante perniciosa. O malware esconde-se em aplicações com nomes como "Speed ​​Clean" ou "Super Clean". Em outras palavras, a ideia é fingir ser uma ferramenta capaz de otimizar o desempenho do seu smartphone limpando-o de certos arquivos supérfluos.

Aqui estão as 9 aplicações Android infectadas

Nome da aplicação Pacote Nº de instalações
Atire Clean-Junk Cleaner, com.boost.cpu.shootcleaner 10.000+
Super Clean Lite - Booster, Limpeza e CPU Cooler com.boost.superclean.cpucool.lite Mais de 50.000
Super Cleaner com.booster.supercleaner Mais de 100.000
Jogos Rápidos-H5 Game Center com.h5games.center.quickgames Mais de 100.000
Rocket Cleaner com.party.rocketcleaner Mais de 100.000
Rocket Cleaner Lite com.party.rocketcleaner.lite 10.000+
Speed Cleaner com.party.speedclean Mais de 100.000
LinkWorldVPN com.linkworld.fast.free.vpn Mais de 1.000
H5 gamebox com.games.h5gamebox Mais de 1.000

 

Em vez de cumprir a sua tarefa, as aplicações em questão irão instalar até 3000 variantes de malware em smartphones infectados e, graças a isso, poderão aceder às contas do Google e do Facebook das vítimas para realizar práticas de publicidade fraudulentas. As falsas ferramentas de limpeza exibirão, entre outras coisas, anúncios de plataformas legítimas, como Google AdMob ou Facebook Audience Network, e simularão cliques nos anúncios.

As aplicações falsas também solicitam aos utilizadores que concedam permissões ao desativar o Play Protect, o programa de segurança da Google Play Store. Isso permite que eles instalem mais e mais softwares fraudulentos sem serem identificados.

9 aplicações Android maliciosas para desinstalarem já! 1

Por fim, eles também podem usar as opções de acessibilidade para publicar comentários e classificações falsas na Play Store para atrair outras pessoas para fazer o Download.

As aplicações afetadas foram removidas da Play Store pelo Google, mas espera-se que o malware retome o ataque com outras aplicações falsas. Os países mais afetados são Japão, Taiwan, Estados Unidos, Tailândia e Índia.

 

Este Website usa cookies para providenciar uma melhor experiência. Pode recusar se desejar. Aceitar Saber Mais