Android Geek
O maior site de Android em Português

36 dispositivos Android muito conhecidos vêm com malware já instalado

Manter o malware longe dos nossos dispositivos, deve ser uma prioridade para todos, mas e se a batalha contra isso já estiver perdida ainda antes de tirar o aparelho da caixa? Isso é exactamente o que a empresa de segurança Check Point diz que está a acontecer, e acaba de lançar um relatório onde alega que detectaram malware em 36 dispositivos Android diferentes, sendo usado por várias empresas de grande tecnologia.

Alguns dos telefones afectados:

Os dispositivos em que o código malicioso foi detectado deverão ter visto a sua segurança comprometida em algum ponto entre o processo de fabrico e a eventual venda ao utilizador final. "As aplicações maliciosas não faziam parte da ROM oficial fornecida pelo fornecedor", explica a equipa de prevenção de ameaças móveis da Check Point num blog, acrescentando que o malware deve ter sido adicionado "algures ao longo da cadeia de suprimentos".

Na investigação da Check Point, os dispositivos que foram detectados com malware pré-instalado vem de muitos fabricantes diferentes. Entre ele temos os: Galaxy Note 2, 3, 4, 5, Galaxy S7, Asus Zenfone 2, LG G4, Lenovo S90 e Xiaomi Mi 4i.

O malware encontrado instalado nos dispositivos é bastante conhecido nos círculos de segurança móvel e inclui Loki, um bot de publicidade maliciosa e Slocker, que usa a rede Tor para enviar dados de volta ao seu criador, evitando assim a sua detecção.
Esta é obviamente uma situação muito séria, e certamente não é a primeira vez que dispositivos Android foram encontrados com problemas de segurança já quando saem de fábrica. A Check Point não revelou a que empresa pertenciam os dispositivos, mas isso pode não ser importante, uma vez que parece que malware pré-instalado está a tornar-se uma tendência no sistema operativo móvel da Google.

Pode consultar o relatório completo da Check Point para mais esclarecimentos.

Este Website usa cookies para providenciar uma melhor experiência. Pode recusar se desejar. Aceitar Saber Mais