Android Geek
O maior site de Android em Português

ZTE volta às operações nos EUA

ZTE já pode voltar a operar no mercado dos EUA, mas não na forma que a empresa gostava que fosse. No entanto parece que já pode voltar ao negócio naquele mercado.

Há pouco menos de um mês informamos aqui que a ZTE teria assinado um acordo preliminar que poderia fazer levantar a proibição das empresas norte-americanas de fornecem produtos à ZTE. Na ocasião foi falado que eles teriam que pagar uma multa de mil milhões de dólares, mais 400 milhões da mesma moeda, no caso de haver novo incumprimento. Além dessa multa, a ZTE deveria permitir vistorias a entidades EUA para garantir que os produtos estão a ser usados ​​conforme acordado, e substituir o concelho de administração e equipa executiva nos 30 dias seguintes.

ZTE volta temporariamente às operações nos EUA

E segundo as ultimas informações, parece que a ZTE está a cumprir com o que prometeu, já que o governo dos EUA levantou temporariamente a suspensão e embargo à ZTE Corp, e como tal a empresa está autorizada a realizar negócios para manter as redes e equipamentos existentes em funcionamento.
A empresa tem agora novamente permissão para operar as suas redes e equipamentos existentes e fornecer suporte ao cliente de telefones para contratos assinados antes de 15 de abril, e também poderá transferir alguns fundos, mas de forma mais limitada.
ZTE volta às operações nos EUA 1

Há alguns dias a fabricante chinesa anunciou que alguns dos seus altos executivos terão deixado a empresa, e que também mudaram alguns dirigentes seniores como parte do seu negócio. A empresa mudou os seus vice-presidentes Wang Keyou, Xie Jiepeng e Ma Jie, que lideravam os departamentos jurídico, financeiro e de supply chain, cumprindo assim parte do acordo da empresa com as autoridades dos EUA, que era de mudar a administração de modo a poder continuar a operar naquele mercado.

Apesar de ter sido de forma temporária, o levantamento da proibição proporcionou um pequeno alívio à ZTE, que perdeu mais de 11 mil milhões de dólares na sua avaliação de mercado, desde que os problemas com o governo norte americano começaram.

Partilhem com os vossos amigos e ajudem este projecto em Português.

Obrigado pela visita!
Através de cnet

Este Website usa cookies para providenciar uma melhor experiência. Pode recusar se desejar. Aceitar Saber Mais

Partilhem com os vossos amigos e ajudem este projecto em Português.

Obrigado pela visita!
close-link