Android Geek
O maior site de Android em Português

WeChat está alegadamente a espiar utilizadores para desenvolver algoritmos de censura

Uma nova informação que caiu como uma bomba alega que a popular plataforma chinesa de mensagens está a espiar mensagens de utilizadores da China e de outros países estrangeiros para alimentar os seus algoritmos de censura. Esta é uma acusação assustadora.

Se são dos poucos ocidentais que usam o WeChat, convém ter cuidado com as conversas. Uma nova informação que caiu como uma bomba alega que a popular plataforma chinesa de mensagens está a espiar mensagens de utilizadores da China e de outros países estrangeiros para alimentar os seus algoritmos de censura. Esta é uma acusação assustadora.

 

WeChat espia utilizadores?

Esta informação vem do Citizen Lab e afirma que o WeChat monitoriza conversas mesmo fora da China para manter o algoritmo de censura funcional.

WeChat está alegadamente a espiar utilizadores para desenvolver algoritmos de censura 1

Como o WeChat está sediado na China, é praticamente certo que monitoriza conversas sobre tópicos e conteúdos politicamente sensíveis e aplica censura de acordo. Embora essa não seja visto com bons olhos no resto do mundo, é uma prática muito comum para serviços de internet na China.

Onde a coisa fica ainda mais assustadora é que o WeChat aparentemente verifica conversas de pessoas fora da China para avaliar o conteúdo digno de censura.

Isso impede que pessoas de fora da China enviem conteúdo para utilizadores chineses que o governo chinês desaprove, mas esse tipo de monitorização não é transparente aos utilizadores.

WeChat
WeChat
Developer: WeChat
Price: Free+
  • WeChat Screenshot
  • WeChat Screenshot
  • WeChat Screenshot
  • WeChat Screenshot
  • WeChat Screenshot
  • WeChat Screenshot
  • WeChat Screenshot
  • WeChat Screenshot
  • WeChat Screenshot
  • WeChat Screenshot
  • WeChat Screenshot
  • WeChat Screenshot

Na China não é uma novidade é uma novidade, mas as pessoas em outras partes do mundo naturalmente não esperam esse tipo de invasão de privacidade.

Se essas alegações forem verdadeiras, pode ser mais uma facada na confiança dos dos consumidores ocidentais em serviços oriundos da China.

 

Usam WeChat? Digam-nos o que acham na caixa de comentários abaixo.

Todos os dias vos trazemos dezenas de notícias sobre o mundo Android em Português. Sigam-nos no Google Notícias. Cliquem aqui e depois em Seguir. Obrigado!