Vitória parcial no limite de dados da banda larga fixa no Brasil

Dias estranhos que vivemos atualmente, depois de países como os EUA que foram fundados com a força de imigrantes de todo o mundo elegerem um Presidente Xenófobo que afirma mesmo querer expulsar estrangeiros e construir muros, vemos agora uma tentativa de impor limites na banda larga fixa, neste caso no nosso país irmão o Brasil. A liberdade vive dias desafiantes.

As boas notícias é que apenas um dia após causar polémica ao dizer que o limite de banda larga fixa seria adotado ainda em 2017, o ministro da Ciência, Tecnologia, Inovação e Comunicações, Gilberto Kassab, voltou atrás nesta sexta-feira, 13/01.

O próprio Gilberto Kassab, divulgou uma nota no seu site nesta sexta-feira, 13/1,

“esclarecendo que não haverá mudanças no modelo atual de planos de banda larga fixa”.

A Anatel já tinha informado que não seria verdade

Antes mesmo de o ministro da Ciência, Tecnologia, Inovação e Comunicações se pronunciar oficialmente o presidente da Anatel, Juarez Quadros, já tinha negado que existisse a intenção de reabrir o debate sobre a franquia nos planos de Internet de banda larga fixa.
Segundo Quadros, continua em vigor a decisão publicada pela Agência em abril de 2016 que proíbe as operadoras de bloquear o acesso à Internet após ser ultrapassado o limite.
Leiam as últimas notícias do mundo da tecnologia no Google News , Facebook  e Twitter e também no nosso Grupo de Telegram
Relacionado:  Software de Spyware Pegasus é uma ameaça à liberdade. Saibam como saber se foram afetados
Todos os dias vos trazemos dezenas de notícias sobre o mundo Android em Português. Sigam-nos no Google Notícias. Cliquem aqui e depois em Seguir. Obrigado!