Android Geek
O maior site de Android em Português

USB-C protocolo de segurança que nos informa quando um dispositivo ou carregador puder ser prejudicial

nova verificação de segurança para ligações USB-C. Hoje o Fórum de Implementadores USB (USB-IF) confirmou a aprovação de um protocolo que estará disponível nas próximas semanas, com o qual a interface USB-C será capaz de fazer uma autenticação de SEGURANÇA, tanto a carregadores, cabos e outros dispositivos, para garantir que eles oferecem energia ou dados corretos que não prejudiquem os nossos dispositivos ou nossos dados.

Quem quiser tornar-se o fabricante do "cabo do futuro" e o padrão que todos os fabricantes devem implementar nos dispositivos tem que inovar. O USB-C está prestes a lançar um recurso pelo qual a grande maioria clamava: nova verificação de segurança para ligações USB-C.

Hoje o Fórum de Implementadores USB (USB-IF) confirmou a aprovação de um protocolo que estará disponível nas próximas semanas, com o qual a interface USB-C será capaz de fazer uma autenticação de SEGURANÇA, tanto a carregadores, cabos e outros dispositivos, para garantir que eles oferecem energia ou dados corretos que não prejudiquem os nossos dispositivos ou nossos dados. 

A má notícia: não será obrigatório

Após alguns problemas relativos à proliferação de cabos e carregadores não oficiais USB-C, bem como riscos para o uso de portas públicas, como em hotéis ou aeroportos, e até mesmo ataques de malware, o USB-IF tenta colocar um travão em tudo isso ao anunciar o seu próprio protocolo de segurança.

Como explicam, este novo sistema permitirá usar criptografia para autenticar os dispositivos ligados por USB-C, onde será assegurado que os dispositivos estejam devidamente certificados e forneçam dados ou energia compatíveis. Ou seja, podem verificar se um carregador é realmente um carregador e não está a fornecer dados a terceiros.

Essa autenticação permitiria proteger os utilizadores contra carregadores incompatíveis e mitigar os riscos de malwares que tentam explorar uma conexão USB. O responsável garante que esta verificação será feita imediatamente após a conexão e levará apenas alguns segundos, tudo antes de poder transferir dados ou energia prejudicial ao utilizador.

Eles chegam a afirmar que esse protocolo permitirá conhecer mais detalhes dos dispositivos USB-C, como capacidade de energia permitida, tipo de dados compatível, se apenas para enviar, receber ou ambas as formas, assim como o status da certificação e muito mais informações de compatibilidade.

Este programa de autenticação para USB-C estará disponível para todos os fabricantes que desejarem adotá-lo, assim estarão em condições de usar um novo logotipo de 'Dispositivos USB certificados' Isso dará mais confiança aos utilizadores ao escolher dispositivos USB-C.

A má notícia é que este programa é apenas uma recomendação e nenhum fabricante será obrigado a implementá-lo nos seus produtos. Além disso, cada fabricante pode continuar a usar os seus próprios métodos de autenticação de segurança para dispositivos de terceiros, o que faz com que este novo protocolo, que pretende ser uma boa ideia, permaneça apenas isso, uma boa ideia que estará longe de tornar-se num padrão.