UE paga para ver. Se a Meta fechar Facebook e Instagram na Europa: “Tudo bem”

Os representantes da União Europeia não estão muito preocupados com a possibilidade da Meta fechar o Facebook e o Instagram na Europa. Embora a mudança possa causar algumas interrupções temporárias aos anunciantes, os funcionários da UE dizem que existem muitas outras plataformas disponíveis. Parece que a UE vai pagar para ver.

Os representantes da União Europeia não estão muito preocupados com a possibilidade da Meta fechar o Facebook e o Instagram na Europa. Embora a mudança possa causar algumas interrupções temporárias aos anunciantes, os funcionários da UE dizem que existem muitas outras plataformas disponíveis. Parece que a UE vai pagar para ver.

Meta apresentou um relatório que advertia que poderia encerrar os seus serviços no Facebook e Instagram na Europa devido a novos regulamentos aprovados pela Comissão Europeia. As novas leis da UE obrigam todas as empresas a processar dados de utilizadores em servidores locais localizados na Europa, enquanto que a Meta envia dados de utilizadores da Europa para os seus servidores nos EUA.

Robert Habeck(German Economy Minister) and Bruno Le Maire (French Finance Minister)

Robert Habeck(Ministro da economia alemão) e Bruno Le Maire (ministro das finanças francês)

Hoje, dois funcionários da UE – Robert Habeck (Ministro da Economia alemão) e Bruno Le Maire (Ministro das Finanças francês) comentaram o relatório anual da Meta e a possibilidade do encerramento do Facebook e do Instagram em todo o bloco. A dupla foi direta: Meta precisa de cumprir os novos regulamentos da UE ou então as suas plataformas de comunicação social seriam proibidas

Vivo há quatro anos sem Facebook, e a vida tem sido fantástica. A União Europeia é um mercado interno tão grande com tanto poder económico que, se agirmos em unidade, não nos sentiremos intimidados por algo assim. – Robert Habeck (Ministro da Economia alemão)

Habeck disse que “a vida sem Facebook é fantástica”, enquanto Le Maire acrescentou que “as pessoas viveriam muito bem sem Facebook”, ao mesmo tempo que confirmava que a UE não desistiria de proteger os direitos da sua população.

Posso confirmar que a vida é muito boa sem o Facebook e que viveríamos muito bem sem o Facebook. Os gigantes digitais devem compreender que o continente europeu irá resistir e afirmar a sua soberania.

Com os últimos comentários, podemos ver que a perspectiva da UE sobre o assunto está definida a Meta tem a bola nas suas mãos e precisa de tomar uma decisão. Teremos apenas de esperar para ver como a empresa-mãe do Facebook reage e o que virá a seguir.

Se a Meta estava a fazer Bluff, então a UE quer pagar para ver. Na nossa opinião a Meta não se pode dar ao luxo de abdicar do velho continente, pois iria abrir as portas á concorrência que já lhe anda a morder os calcanhares.

Fiquem a par de todas as novidades tecnológicas no AndroidGeek.

Fonte (paywall)

Leiam as últimas notícias do mundo da tecnologia no Google News , Facebook  e Twitter e também no nosso Grupo de Telegram
Todos os dias vos trazemos dezenas de notícias sobre o mundo Android em Português. Sigam-nos no Google Notícias. Cliquem aqui e depois em Seguir. Obrigado!