Têm um Mac antigo parado? O Chrome OS Flex pode ser para vocês

Como se baseia no mesmo código, o Chrome OS Flex tem o mesmo aspeto e sensação que o Chrome OS, que vem pré-instalado em todos os Chromebook e inclui o Google Assistant, o navegador Chrome e Nearby Sharing.

Se tiverem um Mac antigo que está a ter dificuldades em correr o mais recente macOS e que já não recebe atualizações de segurança da Apple, podem dar-lhe uma segunda vida, instalando um software que o transforma num Chromebook.

Isto porque a Google lançou uma versão de acesso antecipado do Chrome OS Flex, que pretende substituir o sistema operativo em PCs e Macs mais antigos por um ambiente de computação baseado na nuvem. A instalação do sistema operativo em nuvem garante que o seu Mac se mantém seguro com atualizações regulares, corre rapidamente e não abranda com o tempo.

Têm um Mac antigo parado? O Chrome OS Flex pode ser para vocês 1

O Chrome OS Flex é o resultado da aquisição pela Google do Neverware em 2020, uma empresa que forneceu uma aplicação chamada CloudReady que permitia aos utilizadores converter computadores antigos em máquinas Chrome OS.

Como se baseia no mesmo código, o Chrome OS Flex tem o mesmo aspeto e sensação que o Chrome OS, que vem pré-instalado em todos os Chromebook e inclui o Google Assistant, o navegador Chrome e Nearby Sharing. Vale a pena notar, no entanto, que atualmente não existe Google Play Store, e a Google delineou algumas outras limitações com o OS Flex, principalmente a nível do sistema, que o diferenciam do Chrome OS em dispositivos nativos da Google.

O que vão precisar?

  • Mac lançado depois de 2010 com 16GB de armazenamento livre.
  • Navegador Chrome instalado no vosso Mac
  • Unidade USB com 8GB ou mais de espaço de armazenamento.

Instalação do Chrome OS Flex

Os utilizadores podem usar o OS Flex gratuitamente, mas as escolas e empresas que usam o CloudReady continuarão a ser cobradas uma taxa e uma taxa de subscrição mensal.

Lembrem-se que esta é uma versão de acesso antecipado, por isso esperem alguns bugs (o SO também pode ser iniciado diretamente a partir de uma pen USB se não quiserem instalá-lo). Nos próximos meses, espera-se que seja lançada uma versão estável do SO.

  1. ‎Abram ‎o navegador Chrome‎‎ no vosso Mac e selecionem o ‎‎Utilitário de Recuperação do Chromebook‎‎ na loja web do Chrome.‎
  2. ‎No canto superior direito, cliquem em ‎‎Adicionar ao Chrome‎‎.‎
    Têm um Mac antigo parado? O Chrome OS Flex pode ser para vocês 2
  3. ‎Quando solicitado, cliquem em ‎‎Adicionar extensão‎‎.‎
  4. ‎No canto superior direito da janela do navegador Do Chrome, clique em ‎‎extensões -> Gerir extensões‎‎ e ao lado do ‎‎Utilitário de Recuperação do Chromebook‎‎, alterem o botão para a direita para activá-lo.‎
  5. ‎Iniciem a‎‎ extensão do Utilitário de Recuperação do Chrome‎‎ e identifiquem o vosso Chromebook como ‎‎Google Chrome OS Flex‎‎ e clique em ‎‎Continuar‎‎.‎
    Têm um Mac antigo parado? O Chrome OS Flex pode ser para vocês 3
  6. ‎Quando solicitado, insiram a vossa unidade USB, selecionem-a no menu suspenso e cliquem em ‎‎Continuar‎‎ e posteriormente em ‎‎Criar agora‎‎.‎
  7. ‎Quando ele disser que a unidade está pronta, removam a unidade USB.‎
  8. ‎Agora desliguem o Mac que desejam correr o Chrome OS Flex e coloquem de novo a unidade USB.‎
  9. ‎Liguem o Mac novamente enquanto seguram a tecla ‎‎Opção‎‎.‎
  10. ‎Selecionem a unidade USB no menu inicial e apertem o ‎‎Enter‎‎.‎

 

Podem instalar permanentemente o Chrome OS Flex depois de o ter iniciado com sucesso a partir da vossa unidade USB, apagando o sistema operativo anterior e substituindo-o pelo Chrome OS Flex.Têm um Mac antigo parado? O Chrome OS Flex pode ser para vocês 4

Se ainda não estiverem prontos para instalar o Chrome OS Flex nos vossos dispositivos, podem sempre utilizar o instalador USB para o correr temporariamente. Em seguida, podem testar e verificar se a funcionalidade do dispositivo, como as ferramentas de rede e de periféricos de entrada, estão a funcionar corretamente. Consultem o guia de instalação Chrome OS Flex para obterem mais informações sobre o processo de instalação e configuração.

O Chrome OS Flex está disponível tanto para Mac como Windows, no entanto poderá não agradar tanto, para os utilizadores de Mac, embora seja uma opção para reanimar os Intel Macs que a Apple irá abandonar nos próximos anos. Se dependem da integração profunda do vosso Mac com os vossos iPhones ou iPads, o Chrome OS Flex não será uma boa substituição. No entanto parece uma opção viável se pretenderem reutilizar completamente o hardware mais antigo de alguns Macs, mas os ecossistemas da Apple e da Google são demasiado diferentes para tornar a transição simples.

 

Leiam as últimas notícias do mundo da tecnologia no Google News , Facebook  e Twitter e também no nosso Grupo de Telegram
Todos os dias vos trazemos dezenas de notícias sobre o mundo Android em Português. Sigam-nos no Google Notícias. Cliquem aqui e depois em Seguir. Obrigado!