Android Geek
O maior site de Android em Português

Snapchat vai passar a ser cotado em bolsa

Com 158 milhões de utilizadores, a rede social de Evan Spiegel, o Snapchat, vai passar a ser cotada em Bolsa. Vão ser colocadas à venda 200 mil ações, pelo preço unitário de 14 e 16 dólares, o que deverá avaliar a empresa entre 19,4 mil e 22,2 mil milhões de dólares. “É uma loucura“, diz a Bloomberg. “O maior IPO tecnológico desde o da Alibaba” em 2014, escreve a The Economist. A operação que vai obrigar “o ecossistema de startups a dar uma reviravolta“, sublinha a CNBC. O investimento que anda à procura do “dumb money” (do “dinheiro do tolo”), acrescenta a Modern Trader. A rede social Snapchat está mesmo prestes a ir para a bolsa.

Tolo ou não, Evan Spiegel conseguiu, aos 26 anos, colocar o Snapchat, a rede social que em vez de eternizar momentos fá-los desaparecer, a ecoar na imprensa da especialidade e no mercado tecnológico como a aplicação que fez com que Mark Zuckerberg quisesse “desesperadamente” comprá-la, imitá-la ou simplesmente matá-la. O líder do Facebook ofereceu 3 mil milhões de dólares (2,8 mil milhões de euros) pelo Snapchat em 2013, depois de ter viajado de propósito para se encontrar com o líder da empresa, em Los Angeles, mas no entanto, Spiegel recusou.

Snapchat vai passar a ser cotado em bolsa 1
Evan Spiegel

Quatro anos depois, a entrada em bolsa do Snap, empresa detentora da rede social Snapchat, era uma das mais esperadas para 2017 e tudo aponta para que, a partir de hoje, quem quiser investir na aplicação já possa fazê-lo. Para que tudo corra bem e não se repitam os problemas que houve em 2012 com o IPO do Facebook, e que levaram o índice tecnológico NASDAQ a ter de pagar 10 milhões de dólares à Comissão de Valores Mobiliários norte-americana, a operadora bolsista New York Stock Exchange (NYSE) avançou com uma simulação do que será o IPO de quarta-feira.

“É um grande negócio e eles querem ter claramente a certeza de que vai correr tudo bem – ninguém pode censurá-los por isso”, disse Ken Polcari, diretor de uma das divisões de NYSE. E a avaliar pelo apetite dos investidores, o NYSE tem motivos para preocupação. A 24 de fevereiro, a Business Insider contava que a procura pelo “sexy IPO” das ações da rede fundada por Evan Spiegel, Bobby Murphy e Reggie Brown, em 2011, já era superior a 10 mil milhões de dólares (9,4 mil milhões de euros) – o Snap procura angariar cerca de 3,2 mil milhões de dólares (3 mil milhões de euros) com a entrada em bolsa. Ou seja, a procura pelas ações já era, na altura, três vezes maior do que a oferta.

Vamos ver como corre.

Este Website usa cookies para providenciar uma melhor experiência. Pode recusar se desejar. Aceitar Saber Mais