Android Geek
O maior site de Android em Português

Samsung revela visão para o futuro 6G, que inclui hologramas até 2030

A Samsung publicou um documento oficial chamado “A próxima experiência hiperconectada para todos”, onde descreve quais são os principais campos do desenvolvimento e quais são os obstáculos. De acordo com a Samsung, a primeira comercialização de 6G pode ocorrer já em 2028, a comercialização em massa pode ocorrer em 2030, ou seja dentro de dez anos.

As empresas de telecomunicações estão a trabalhar afincadamente para trazer a conectividade 5G para as nossas vidas diárias e, aparentemente, algumas já estão mesmo a trabalhar na futura rede 6G.

A Samsung publicou um documento oficial chamado "A próxima experiência hiperconectada para todos", onde descreve quais são os principais campos do desenvolvimento e quais são os obstáculos.

De acordo com a Samsung, a primeira comercialização de 6G pode ocorrer já em 2028, a comercialização em massa pode ocorrer em 2030, ou seja dentro de dez anos.

Samsung revela visão para o futuro 6G, espera que hologramas estejam disponíveis para as massas em 2030

A empresa coreana afirma que humanos e máquinas usarão 6G o que permitirá uma XR (Realidade Estendida) realmente imersiva com hologramas e réplicas digitais.

Sunghyun Choi, chefe do Centro de Pesquisa em Comunicações Avançadas, afirma que a equipa já lançou a P&D das tecnologias 6G e está comprometida em "liderar a padronização do 6G em colaboração com as partes interessadas nos setores industrial, académico e governamental".

Existem três categorias de requisitos que a Samsung aponta como obstáculos para o futuro do 6G - desempenho, arquitetura e fiabilidade. Para que o 6G funcione sem percalços , deve fornecer uma taxa de dados de pico de 1000 Gbps (50 vezes mais rápido que 5G), com latência menor que 100 microssegundos (um décimo da latência de 5G).

Samsung revela visão para o futuro 6G, espera que hologramas estejam disponíveis para as massas em 2030

O futuro do 6G também significa incluir a banda de frequência terahertz (THz), novas soluções de antena, tecnologias duplex avançadas, melhor topologia de rede e o uso de IA em comunicações sem fio, as quais precisam ser desenvolvidas do zero.

Claramente, o futuro do 6G ainda está na sua fase teórica, mas ver empresas a trabalhar no assunto significa que já está um passo mais perto.

Fonte

 

Todos os dias vos trazemos dezenas de notícias sobre o mundo Android em Português. Sigam-nos no Google Notícias. Cliquem aqui e depois em Seguir. Obrigado!