Android Geek
O maior site de Android em Português

Samsung refuta rumores de comprar um fabricante de carros

A Samsung comentou os rumores recentes que sugeriam que a empresa poderia entrar no negócio automóvel. Atualmente a Samsung fabrica componentes tecnológicos para carros que são usados ​​por muitos fabricantes. Os rumores sugeriam que a Samsung entraria no negócio de fabricar carros adquirindo um fabricante. A empresa negou, dizendo que não tem planos de fazer nada assim.

Os rumores surgiram de um anúncio recente da empresa de que investiria mais de US $ 160 mil milhões em quatro áreas principais de crescimento futuro. O negócio de componentes automóveis é uma dessas áreas. De alguma forma, acabou por ser entendido como um indício de que a Samsung estaria a pensar em adquirir um fabricante de automóveis para vender os seus próprios carros autonomos.

Samsung não comprou um fabricante de automóveis

Alguns de saberão que a Samsung entrou no ramo automobilístico há quase duas décadas. O presidente da Samsung, Lee Kun-hee, lançou uma unidade de fabrico de veículos chamada Samsung Motors em 1994, mas o negócio faliu depois da crise financeira asiática de 1997-98. A unidade foi posteriormente adquirida pela Renault em 2000.

Os planos de investimento da Samsung levaram a especulações de que talvez estivessem à procura de um regresso ao negócio e podiam tentar adquirir um fabricante existente para esse fim. A Samsung confirmou numa mensagem aos seus trabalhadores que não tem planos de fazer isso e não vai fabricar os seus próprios carros elétricos e autonomos.

A Samsung continuará a concentrar-se no desenvolvimento de displays e chips para um sistema de controlo autonomo como parte do seu negócio de componentes automóveis existentes. A negação pode ser para evitar o envio de um sinal errado para os fabricantes de automóveis globais, muitos dos quais a Samsung conta como clientes. Eles compram diferentes componentes da Samsung e  da sua subsidiária Harman International e teriam ficado preocupados se um dos seus fornecedores decidisse competir com eles no mercado.

 

Fonte

Ajuda-nos a chegar mais longe, partilha com os teus amigos

Obrigado pela visita!

Este Website usa cookies para providenciar uma melhor experiência. Pode recusar se desejar. Aceitar Saber Mais

Ajuda-nos a chegar mais longe, partilha com os teus amigos

Obrigado pela visita!
close-link