Redmi K50 Pro+ poderá não ser o nome do topo de gama da linha K50

Embora o leaker não tenha revelado como será chamado o telefone no seu lançamento, ele estava a provar que o Redmi K50 Pro+ não é o nome que virá com ele.

Há alguns dias, a Redmi anunciou que iria lançar a tão falada série Redmi K50 no dia 17 de março. A série vai incluir três modelos: Redmi K50, Redmi K50 Pro e Redmi K50 Pro+. A data de lançamento é já esta semana. Portanto, é lógico que estejamos a receber cada vez mais notícias sobre estes equipamentos. Neste sentido, o modelo de topo tem estado em destaque nos últimos tempos. Tem sido chamado de várias nomes, incluindo o Redmi K50 Pro+, o Redmi K50 Ultra, etc. Hoje, um dos famosos leakers da Weibo afirmou que o K50 Pro+ não seria o nome correto. Assim, este smartphone virá com um nome diferente.

Embora o leaker não tenha revelado como será chamado o telefone no seu lançamento, ele estava a provar que o Redmi K50 Pro+ não é o nome que virá com ele.

Especificações Redmi K50 Pro+

Bem, nomes são dados para distinguir os produtos. Por isso, independentemente do nome, este protagonista vai ser uma verdadeira besta. No seu interior, este equipamento irá acolher o muito discutido processador de topo MediaTek Dimensity 9000. Este último já marcou mais pontos do que o Snapdragon 8 Gen 1 no AnTuTu. Mas ao contrário do chip da Qualcomm, não vai sofrer de problemas de aquecimento.

A propósito, o processador principal MediaTek Dimensity 9000 utiliza o processo TSMC de 4nm. É o primeiro do setor a utilizar o processo de 4nm da TSMC.

Curiosamente, mas sem surpresas, o chamado Redmi K50 Pro+ irá suportar uma solução de carregamento rápido de 120W. Deverrá carregar a bateria a 100% em 20 minutos.

Redmi K50 Pro+ poderá não ser o nome do topo de gama da linha K50 1

O ecrã irá ter um único buraco de perfuração, e uma resolução 2K, mas será muito melhor do que o Xiaomi Mi 12 Pro.

Por último, este telefone contará com uma configuração de câmara de nível principal. Este último incluirá um sensor de 108 MP acompanhado por uma lente telefoto periscópio. Além disso, parece que os módulos de periscópio tornar-se-ão ainda mais populares no próximo ano.

Assim, podemos dizer que o Redmi K50 Pro+ tem todas as hipóteses de se tornar um flagship killer e não apenas um smartphone premium.

Restantes modelos

Como sabem, o primeiro equipamentos desta série foi lançado há pouco tempo. A versão Redmi K50 e-sports edition, como o nome indica, foca-se nos jogos móveis. Assim, os próximos três modelos são considerados smartphones “mais tradicionais”. Eles vão ser equipados com os chipsets Snapdragon 870, Dimensity 8100 e Dimensity 9000, respectivamente. Estes são os chipsets mais populares atualmente. Podem pensar que esquecemos o Snapdragon 8 Gen 1, mas este está presente na edição e-sports do Redmi K50.

Leiam as últimas notícias do mundo da tecnologia no Google News , Facebook  e Twitter e também no nosso Grupo de Telegram
Todos os dias vos trazemos dezenas de notícias sobre o mundo Android em Português. Sigam-nos no Google Notícias. Cliquem aqui e depois em Seguir. Obrigado!