Android Geek
O maior site de Android em Português

Qualcomm estabelece o valor de venda para a Broadcom

A última vez que falados da saga que é a tentativa da Broadcom em adquirir a Qualcomm, informamos que a dona da Snapdragon tinha aumentado a sua oferta para a aquisição da fabricante de chips de automóveis NXP em 16% para os 44 mil milhões de dólares.

Isso fez deixou a Broadcom um tanto ou quando chateada, levando mesma a empresa a baixar a sua oferta sobre a aquisição da Qualcomm em 4%, para os 117 mil milhões de dólares, em que eram pagos $79 por ação, conta os $82 da oferta anterior.

 

A 14 de Fevereiro (dia dos namorados), ambos os lados voltaram a sentar-se à mesa, à espera que a outra empresa fosse atingida pela flecha do cupido, mas parece não ter funcionado.

Agora, a Qualcomm está a informar que concordará em ser comprada se a Broadcom aumentar a sua oferta para os 160 mil milhões de dólares, ou seja, se subirem a sua proposta em 36%.

Assim a empresa marca as suas linhas e estabelece um preço que agora cabe à Broadcom decidir se pretende colocar a mão um pouco mais ao fundo (ou não) no seu bolso.

Por 160 mil milhões de dólares, a transação da Broadcom-Qualcomm não seria apenas o maior negócio de tecnologia da história, mas também seria a terceira maior de todos os tempos após a compra da Time Warner por 162 mil milhões pela AOL, e a aquisição de Mannesmann por 180 mil milhões pela Vodafone.

Este assunto ainda vai fazer correr muita tinta, e para a Qualcomm lançar um numero "tão redondo" para o ar, poderá significar que mais alguma empresa poderá estar a preparar-se para entrar neste jogo.

Através de

Este Website usa cookies para providenciar uma melhor experiência. Pode recusar se desejar. Aceitar Saber Mais